Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Confusão mistificada

Minha mente anda tão parada, tão calada, que às vezes chego a ficar assustada. Sinto-me encurralada, apertada, apagada. Sonho com pessoas degoladas, peladas, imaculadas. Serei eu uma tarada, afeminada, chegada, ou até mesmo embriagada? Pessoas recalcadas ou até mesmo enojadas fogem de mim apavoradas. Terei eu uma cara de monstrenga ou então um jeito de refugiada?
Acho tão difícil achar a palavra que me sinto mortificada. Antes arrumava tantos amigos na balada e agora esta me deixa emudecida, esquecida e até estragada. Ouço a badalada do relógio que na sala está, ela se alarga e me mostra a calada. A calada é fria, vazia, esfumaçada. Mas eu sei que algum dia serei alavancada e mostrada à gentalhada e que minha cara não mais será desfigurada por todas aquelas pessoas chateadas que um dia fugiram amedrontadas e que me deixaram embasbacada.
Futuro te espero com ânsia e relutância e te vejo como se fosse uma pequena nuância a uma inimaginável e considerável distância.
Lilith Góthica
Enviado por Lilith Góthica em 09/12/2005
Reeditado em 05/06/2007
Código do texto: T83403

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lilith Góthica
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 33 anos
240 textos (31364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:13)
Lilith Góthica