Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A RECTA VIA E O LITÍGIO INDISFARÇÁVEL

                                                          Marcos Barbosa

Nos tempos da ditadura militar, um jornalista estava pensando o quanto é difícil nos dias de hoje, até com auxílio de advogado analisar o que é legal ou ilegal neste país.
Estava brincando com as palavras na redação do jornal, escrevendo amenidades.  O texto seria arquivado ou enviado para o canal competente, nome dado ao cesto de lixo do chefe dos escribas, não fosse o fato de haver agradado a um estudante universitário que estava à procura de um texto com variações lingüísticas.
Começa assim:
O fariseu, por ordem do lorde, não aproveitou o texto do mancebo.
Mas, o ilustrador já tinha criado a charge e o diagramador fez os cálculos: " esta matéria cabe em 10 cm de coluna ou em 18 cíceros na pg. 03 . Posso usar o corpo 10 para reduzir o espaço.
O trabalho do aprendiz de jornalista foi rejeitado porque estava sem LID e tinha por título:
O LITÍGIO INDISFARÇÁVEL .
Ao entrevistar um famoso advogado, Dr. Edgar Borges, sobre a situação dos brasileiros, este afirmou que a nossa tragédia diária se compara ao desabafo do demônio, citado nas letras jurídicas, que tanto pode ser soletrado de trás para diante, como do começo para o fim que dá o mesmo sentido. "IN GIRUM IMUS NOCTE ET CONSUMIMUR IGNI."
"Assim , diz o Dr. Edgar, o povo brasileiro se debate no círculo vicioso da QUAERELLA INSOLUTA". Continuando, afirma que o povo usa e abusa do seu JUS SPERNEANDI , enquanto a suprema magistratura da Nação claudica, permitindo que a ADVERSA PARS, quebre a isonomia esperável em pleito de tal envergadura.
O famoso jurista mato-grossense condena os atuais governantes e denuncia que estão usando e abusando de alicantinagens continuadas, casuísmo travestidos de norma legal e que pelo JUS IMPERII dos ocupantes do poder, serpeiam pela ANGUSTA VIA da esperteza, sob o postulado de que vencerão, porque: FRAUS OMNIA CORRUMPIT.
Mas o povo já deixou marcado AD PERPETUAM REI MEMORIAM , como afinal será provido o recurso extremo: " RECTA VIA"! amem.

                PASSANDO O CHAPÉU:

Agência 01616
Banco 232 - Bradesco
Conta corrente 0674315-3
Favorecido: Marcos Aurélio Barbosa da Silveira

Agradecemos todas a contribuições depositadas no "chapéu" que foi substituido pela conta bancária acima.

ANTIGAMENTE HAVIA UM MÉTODO SIMPLES DE FINANCIAMENTO POPULAR DA ARTE, PASSANDO O CHAPÉU. ARTISTAS, POETAS E ATÉ ALGUNS ESCRITORES, APÓS A APRESENTAÇÃO DE SUA PRODUÇÃO LITERÁRIA OU ARTÍSTICA PASSAVAM O CHAPÉU PARA OS OUVINTES, QUE OFERTAVAM A SUA CONTRIBUIÇÃO  EM PRAÇA PÚBLICA E ATÉ EM FESTAS PARTICULARES.
OS TEMPOS MUDARAM E OS COSTUMES SÃO OUTROS... ENTÃO ESTAMOS TENTANDO ARRECADAR A CONSTRIBUIÇÃO DOS LEITORES QUE GOSTAM DE NOSSOS TEXTOS PARA POSSIBILITAR A  PUBLICAÇÃO DE NOSSOS LIVROS NA VERSÃO IMPRESSA.
SABE-SE QUE LIVRO NÃO DÁ LUCRO PARA ESCRITOR INICIANTE, MAS MESMO ASSIM O NOSSO SONHO DE CRIAR UMA FUNDAÇÃO E DEIXAR UM PEQUENO LEGADO CULTURAL PARA AS GERAÇÕES FUTURAS NÃO ACABOU. UM PROJETO QUE PRETENDEMOS FINANCIAR É A PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO GRATUITA DE UM JORNAL DE CONTEÚDO EDUCATIVO/ CULTURAL NAS  ESCOLAS PÚBLICAS.
Dom Marcos Barbosa II
Enviado por Dom Marcos Barbosa II em 11/12/2005
Reeditado em 12/04/2013
Código do texto: T84336
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ( Autorizamos a publicação citando o autor e a fonte: Marcos Barbosa - www.recantodasletras.com.br/autores/marcosbarbosa). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dom Marcos Barbosa II
Águas Lindas de Goiás - Goiás - Brasil, 60 anos
200 textos (33989 leituras)
11 e-livros (651 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:23)
Dom Marcos Barbosa II