Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Nossos Sonhos

Os Nossos Sonhos
Vânia Moreira Diniz

Todos nós precisamos sonhar para viver. E isso até mesmo cientificamente quando os médicos explicam que mesmo não nos lembrando, sonhamos quando estamos dormindo. Ninguém dorme sem sonhos e podemos afirmar que não viveremos sem que eles constituam uma parte grande de nossas vidas.

Não sabemos o dia de amanhã, graças a Deus, senão poderíamos ficar neuróticos de tanto pensar o que nos esperaria ali, aqui ou mais para frente. E acho que nisso também o Senhor do Universo, seja ele quem for agiu e mostrou sua infinita sapiência.

Meu primeiro sonho, aos cinco ou seis anos foi sentar com meu avô e escrever. Ver as minhas letras se transformarem em palavras e estas em frases que as pessoas pudessem entender. E também ler tanto para entender o mundo, a razão da nossa presença que os adultos não me explicavam com paciência suficiente. Principalmente entender a razão das diferenças de pessoas que passavam misérias enquanto outras ostentavam riquezas e usufruíam luxo e fausto. E também como poderia existir violência ou grosseria contra uma criança inocente.

Aos poucos fui compreendendo que todos nós passamos por provas difíceis e também por alegrias profundas. Que tudo na vida era um poderoso contraste. E que lei mais sedutora da vida era o amor universal capaz de fazer com que nos compreendêssemos e nos ajudássemos mutuamente?

É por isso que estamos aqui, nesse momento e todas as semanas quando nos encontramos. Procurando realizar os sonhos de poder trazer alegrias infindas a todos aqueles que se conectam a nós não só no termo exato da palavra, mas também com a alma e a compreensão. Conexão concentrada procurando entender o que queremos oferecer. Nós ansiosamente esperando que alcancemos os sonhos de cada um e pelo menos consigamos oferecer tudo aquilo que esperam do nosso VMD Nascente.

Imagino que cada um que leia minhas palavras possa estar mais perto de nosso trabalho porque não existe nada na existência que não seja regida pela lei da reciprocidade. Por mais que vocês ou nós queiramos oferecer mutuamente carinho, ternura ou solidariedade não o conseguiremos se não houver esse sentimento que age como um ímã e transfere de uns para outros, necessidades que todos precisamos.

E no momento em que trabalhamos no nosso projeto os nossos sonhos, tanto de meu  parceiro Luiz Alberto Machado como o meu, são de poder oferecer aos nossos leitores e amigos um espaço real mesmo em se tratando do virtual. E sentimento, sensações e solidariedade têm mesmo o aspecto abstrato real. Assim é nos sentimentos Como aprendemos nos colégios em nossa infância, não pegamos, mas sentimos profundamente e é objetivo à medida que se torna mais profundo.

Nesse momento queremos transmitir o quanto a vida é curta e os momentos tão efêmeros que devemos transformar os sonhos, por pequenos que sejam em um acontecimento fascinante  trazendo  percepção de realização que nos acompanhará a vida inteira.

E é isso que queremos oferecer quando chegamos aqui todas as semanas: Um sonho, o sonho de realizarmos um trabalho que possa frutificar e encontrar guarida em seus corações.

Beijos e carinhos

Vânia Moreira Diniz,
é humanista, poeta e escritora
http://www.vaniadiniz.pro.br
Douglas Lara
Enviado por Douglas Lara em 31/03/2005
Código do texto: T8881
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Lara
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 78 anos
517 textos (131733 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:32)