Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mínimo que faz a diferença

Um só traço me resta como uma peça de um quebra-cabeça de 1000 peças que se perdeu no seu embarque. Foi num amanhecer de inverno frio, com um sol fraco e amarelo tentando trazer um pouco de energia ao meu corpo fraco de tantos abraços de despedida.

Todos os outros caminhos tentaram me trazer uma alegria, mas na minha frente só restava um buraco imenso que convidava-me a entrar em uma melancolia profunda. Não importava quantos livros de poema eu lesse, a poesia tinha partido entranhada naquela jovem pele com tanto vigor e sonhos.

Todos os escritos que chegavam em minha caixa eram inúteis para quebrar a sensação de vazio e solidão. Só me faltava as suas palavras, olhar, pele, beijo e o vigor dos teus lábios carregados de pintura, poema e cinema.

Agora querem dar-me todos os dedos da mão, quando o mindinho que me arrancaram doe tanto que agora percebo como era importante e preciso procurá-lo para fazer um implante enquanto o sangue ainda está quente.

Quando o encontrar e puder fazer esta operação de completude em mim, apertarei sua mão com força e lhe darei aquela mirada, pois sem ela não sou nada.




Brenda Marques Pena
Enviado por Brenda Marques Pena em 22/12/2005
Código do texto: T89361
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Brenda Marques Pena
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
266 textos (18082 leituras)
2 áudios (268 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:21)
Brenda Marques Pena