Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retrospectiva pessoal

Este foi o ano em que finalmente li Nietschze, porque perdi o medo de ser engolido pelas idéias do homem que matou Deus. Foi o ano em que quase cheguei ao ateísmo e depois alcancei uma nova percepção cósmica, graças ao Taoísmo, sem que para isso tenha me tornado “taoísta”, porque entender que o Taoísmo não dá conta de tudo. Mas foi o ano em que o Tai Chi chuan me mostrou m caminho de harmonia e bem-estar físico e mental.


Este foi o ano em que comecei a ler Dom Quixote e vi o quanto sempre fui quixotesco. E foi o ano em que percebi o quanto trago em mim esse desejo lusitano de sobrepujar o mundo que Camões tão bem expressou.

Contraditoriamente, este foi o ano em que tentei pôr em prática o meu desejo de mudar o mundo pela pregação de ideais. Tive que fazer isso para ver o quanto sou pequeno e pouco influencio.

Este foi o ano em que me reassegurei da genialidade de Freud e firmei o ponto de vista de que todos podem ser geniais. Equilibrei-me, portanto, entre a pregação da mediocridade (outra exigência do mercado) e o ressurgimento da idéia do gênio assim como a descreve Harold Bloom.

Este foi também o ano de coisas amenas como as conversas sobre literatura e música no Caldo Fino com o Renato.

Foi o ano de grandes conversas filosóficas e políticas com o Jorge Frederico.

Este foi o ano em que voltei a escrever poemas e o ano em que conheci o Recanto das Letras e tanta gente boa e talentosa.

Este foi o ano em que pela primeira vez me apaixonei via Internet.

Este foi o ano em que escrevi torrencialmente, desarvoradamente, desesperadamente, desafiadoramente.

Este foi o ano em que consegui compor um choro e decidi finalmente gravar minhas canções.

Este foi o ano em que finalmente li Montaigne e percebi o quanto compartilho com o pensador francês.

Este foi o ano em que aprendi a conversar sobre coisas simples com pessoas simples.

Este foi o ano em que, pela primeira vez, em minha casa, usei um pisca-pisca na árvore de Natal.

Este foi o ano em que gastei um tempo decorando o apartamento. O ano em que comprei uma arca.
Nelson Oliveira
Enviado por Nelson Oliveira em 25/12/2005
Código do texto: T90428
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson Oliveira
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
345 textos (25575 leituras)
2 áudios (313 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:56)
Nelson Oliveira