Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não importa o partido

 Vejo estarrecido as discussões, ofensas e agressões entre as pessoas. Independentemente do assunto em debate, as pessoas acabam abandonando o tema e passam a se agredir verbalmente, como se isso fosse a solução de alguma coisa. Ao meu ver, deveriamos ser capazes de debater todo e qualquer tema, sem tabú, sem hipocrisia mas também sem ofensas. Acho que depois de alguns milhares de anos de suposta civilização, isso é o mínimo que posso esperar da raça humana.

No caso da discussão política é interessante ver que as pessoas se agridem em prol de um idealismo que não é o seu. Levantam bandeiras e abraçam ideologias que no fundo são apenas usadas contra elas mesmas. No Brasil, e talvez em outros países também, a política e os partidos não são encarados de maneira fria e objetiva, como deveria ser. Ao menos eu penso assim.

As pessoas empunham bandeiras partidárias, como se essas fossem bandeiras dos seus times de futebol ou até mesmo suas religiões. Ignorando o fato que partidos existem para servir o povo e o país. Caso esses mesmos não exercem tal função, é perfeitamente aceitável, e coerente mudar de partido além de exigir dele mudanças e melhores resultados. No caso do Brasil; deveriamos exigir pura e simplesmente mais respeito pelo eleitor.

Conheço pessoas que sempre votam no partido x ou y por simples e pura tradição, crendice ou até mesmo birra política mostrando imaturidade social e fazendo um desfavor ao desenvolvimento socio-político do país. Eu como pessoa a-partidária me reservo o direito de dividir minha opinião com vocês sobre a atual e constante crise política do Brasil. Serei breve sem aprofundar os pontos, pois isso daria luz a um livro e não apenas um pequeno texto de desabafo, que é o verdadeiro motivo desse texto. Um desabafo desesperado de quem já não sabe mais para onde olhar em busa de uma solução para nossa eterna crise.

1 - Não existem heróis nem boas pessoas. A corrupção se instaurou no Brasil desde o início da sua história, quando o Brasil ainda nem era Brasil. As pessoas que estão no poder são antes de qualquer coisa, seres humanos, primitivos, limitados e corruptíveis como você e eu. Olham por si e por suas famílias. Não podemos nem devemos esperar deles uma postura acima do bem e do mal.

Devemos sim, como cidadãos interessados no regimento dos bens do país, (bens esses gerados por nós mesmos com o nosso trabalho.), estar atentos aos fatos, independemente do partido onde esses venham a acontecer e lutar por soluções no lugar de lutar entre nós mesmos, defendendo o partido de oposição ou da situação. No fim das contas, nós voltamos para nossos barracos e casas humildes, enquanto eles tomam aviões e carros de luxo e se retiram em suas fazendas, sítios e apartamentos de alto padrão, com suas barrigas cheias de comida e ainda dormem tranquilos diante de todo o lixo e maldade que produzem dia após dia.

2 - A crise pela qual passamos é extremamente grave. Políticos e homens influentes mentem sem o mínimo medo de serem punidos ou mesmo reprovados pela opinião pública. Desviam bilhões de Reais do dinheiro público e adiam assim o processo de humanização do país. Condenando à marginalidade milhões de jovens que deixam de serem educados por um sistema educacional já decadente e precário devido a falta verbas. Já que essas são desviadas para contas na Suíça e essas uma vez descobertas são negadas peremptoriamente, mesmo diante de provas contundentes. Eles são capazes de qualquer coisa. Choram em público, mentem, desmentem, negam mesmo diante dos fatos e se escondem por trás de acordos sórdidos que humilham a opinião pública e a justiça. Será que existe justiça? Eu começo a desconfiar disso. Na verdade, sempre duvidei da justiça, seja ela a justiça legal, justiça divina ou social. Justiça na minha opinião é apenas um sonho, uma utopia que jamais alcançaremos.

3 - O atual governo, PT, passou anos tentando sabotar os governos vigentes fazendo um enorme desfavor ao país, impedindo assim o pouco progresso que poderia ter sido alcançado. Quando finalmente chegou ao governo, cometeu os mesmos erros e crimes dos antecedents nos mostrando que no fundo nem tão fundo assim, são todos farinha do mesmo saco. Não existem homens bons que lutam pelo interesse do povo. Existem políticos lutando entre sí por influência, dinheiro e poder. Se não fosse um desafeto interno entre eles, nunca saberiamos da lama podre em que está (a)fundada Brasília. Isso não é novidade desse governo, que fique bem claro. E os poucos que são bons, não tem chance de fazer nada, pois são como órgãos bons em um corpo que já teve morte cerebral e espera apenas apodrecer e ser doado ao IML para a autópsia. Causa mortis; corrupção múltipla dos órgãos públicos.

4 - Não estou defendendo a oposição ou atacando a situação, estou apenas relatando o que aprendi desde que acompanho a vida política nacional através da pura e simples observação dos fatos. Quero apenas deixar minha opinião registrada e quem sabe contribuir d'algum modo com o desenvolvimento psico-político-social do Brasil. Na esperança de que algumas pessoas reflitam além da bandeira partidária e pensem no bem da nação. Libertem-se desse mau que é o partidarismo, abracem o bem comum independentemente de quem está no poder. Só assim poderemos dar verdadeiros passos verso um progresso tão esperado quanto distante.

Eu poderia continuar escrevendo por horas, mas acredito que a situação atual fala por si só. Os discursos embasados em textos redigidos por advogados e marqueteiros com o único intúito de ludibriar a opinião pública e proteger os seus oradores de possíveis gafes que possam lhes causar problemas jurídicos, são uma prova da falta de respeito com o público e do agudo grau de impunidade. Isso sem falar no Habeas Corpus, que impede que esses carcarás sejam presos e lhes garante o direito de não responder às perguntas das CPIs. Eu me pergunto. De que serve uma interrogação sem respostas?

Obrigado Justiça brasileira, por tão descaradamente defender os interesses daqueles que sangram o país em bilhões de Reais. Obrigado Juízes e Advogados por serem parte desse sistema podre, feito de Excelências e Senhorias e títulos universitários; nada mais que isso. É nauseabundo ver ladrões de marca maior se tratando por Vossa Excelência nos debates transmitidos pelas TVs como uma grande novela. Isso me parece um teatro dos horrores onde o final é sempre trágico para quem assiste e felíz para quem recita. Talvez a maior contribuição desse governo seja de abrir os olhos do povo, fazendo com que esse seja mais incrédulo diante dos políticos e seus ideais feitos em laboratório. Quem sabe nas próximas eleições pensaremos um pouco mais antes de votar no partido de sempre? Afinal de contas, política não é futebol.

Ullisses Salles - Setembro de 2005
Ullisses Salles
Enviado por Ullisses Salles em 26/12/2005
Reeditado em 02/11/2012
Código do texto: T90738
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Ullisses Salles).
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ullisses Salles
Suíça, 40 anos
219 textos (69826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:35)
Ullisses Salles