Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"LULA E O POLVO"

Corre um boato no fundo do mar.
Dizem que a Lula enganou o Polvo.
O Polvo diz-se arrependido por desperdiçar o voto.
Na campanha, a Lula enfrentou os tubarões.
Viva o moluscos e nada de morte violenta, dizia.
Vamos ver um espetáculo de crescimento no fundo do mar, dizia também.
Mas, a Lula sorrareita fez outra diplomacia aliando-se aos interesses dos grandes peixes, os mais elevados na cadeia alimentar. Vorazes e famintos, apesar de a pança sempre bem cheia.
O polvo está indginado com isso.
Descobriu-se mais tarde que o mar está contaminado.
Uma lama fétida demais emporcalhou tudo. Um mar de lama.
Já dizem pelos oceanos que a revolta já tem até slogan:
Lunãodá-lánãodá-mais.
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 28/12/2005
Código do texto: T91485
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25270 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:29)