Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Ano Novo Começa Agora.

O Ano Novo Começa Agora.

Parece que foi ontem.... Iniciamos este ano com noticias tristes e comoventes.
As informações vieram do outro lado do mundo, quase que em tempo real, da tragédia proporcionada pelo Tsunami. Ondas gigantes que varreram do mapa de forma avassaladora e impiedosa, as construções, os sorrisos e sonhos de famílias inteiras. Sem se importar com o credo religioso, condição financeira, idade, sexo, posição social, a força incontrolável das águas deixaram apenas um rastro de destruição e dor, por onde passou.
Prenuncio de um ano difícil? Talvez!
Na verdade o ano 2005 da era Cristã, entra, literalmente para a historia, não somente  por outras tantas “desventuras” naturais. Tornados, furacões, enchentes, castigaram o império do capitalismo. Neste ano também, em que nós brasileiros, fomos chamados a bailar o “tango” que virou “samba” em terras alemãs. Ano de novas desventuras de nossos políticos, que nos presentearam com um desfile de seus mensalões e mensalinhos, cuecas e malas.
Desta vez, ao contrario de um passado não muito distante, não tivemos os “caras pintadas”, mas sim os  “caras lavadas” que nos fazem  crer que esse lamaçal, alem de nos causar calafrios é muito mais profundo e turvo do que parece ser.
Como consolo fica a certeza que esse episódio não deve acabar em pizza...vai ser uma bela churrascada mesmo!
Apesar desse período difícil e desagradável, também rimos muito, amamos muito, realizamos muito, iniciamos projetos e finalizamos sonhos.
Ora se não tiver dificuldades, não tem graça. Se não for no sufoco, não há um sorriso largo. E se pusermos todas as nossas emoções na balança da razão, veremos que tivemos muito, mas muito mais motivos para os sorrisos que para tristezas.
Acredite nisso! Acredite em você!
Você já se perguntou, por quê sempre dizemos, feliz ano novo!.
E nunca dizemos? Feliz ano velho!
Lógico que nossa boa educação acompanhada de toda a tradição cultural de nosso povo, nos permite desejar aos outros, um novo ano melhor do que o que se finda.
Faltam poucos dias para o termino de 2005 e o que você fez para mudar as coisas?
O que você fez para tornar o mundo melhor? O que você fez para tornar o seu mundo melhor? O que você fez para que você tivesse um FELIZ ANO VELHO?
Por que esperar pelo ano novo para sermos felizes?
Apesar dos ânimos exaltados, nesta época de festa, não existe nenhuma magia no primeiro dia do ano. O ano novo começa agora!
Não espere por um novo ano para você iniciar seus novos projetos de vida. Trace já suas novas metas, determine o caminho e mãos a abra. Arregace as mangas e vamos lá, tudo pode esperar menos o seu desejo interior de realização.
Não espere por um novo ano para resolver velhos problemas. Pois novos problemas irão aparecer e este acumulo de problemas será interminável, podendo ser até muito indigesto. Não dê os ombros! De o melhor de você! Não reclame! Resolva-os! Um de cada vez, mas resolva-os. Não existem problemas, que não haja soluções.
Não espere por um novo ano para fazer um novo amigo. Se possível faça um novo amigo hoje, faça um novo amigo agora! Faça um novo amigo a cada dia! Mas nunca se esqueça de ser um amigo também, de a sua mão, de um abraço, de ouvidos, transmita paz e alegria.
Não espere por um novo ano para pedir perdão ou perdoar algum mal entendido. Todas as pessoas, absolutamente todas sem distinção comentem erros, cometemos muitos equívocos. Quem disse que é preciso de datas especiais para pedir perdão! Diga sem medo de arrepender-se a quem quer que seja! “Eu errei, por favor, perdoe-me!”.
Não espere por um novo ano para perdoar-se. Perdoar-se pelos seus excessos ou pela falta deles! Perdoar-se por não ter se arriscado como deveria, por não ter vivido mais como deveria, por não ter amado mais como gostaria! Perdoe-se pelos erros e aprenda com eles! Mas não vale apenas lamentar-se e ficar perguntando “porque comigo?”, ao contrario pergunte-se “por que não comigo?”.
Não espere por um novo ano para ser feliz. Muitos dizem que felicidade é um estado de espírito. Pois bem! Congele seu espírito em tal estado e mantenha-se atento. Faça as coisas que lhe dão prazer. Faça da felicidade uma aliada permanente. Faça da felicidade um hábito e renove as suas atitudes, revolucione os seus dias e transforme-os em dias mais felizes. Abandone definitivamente velhos conceitos, costumes e pessoas que só lhe trazem aborrecimentos.
Não espere por um novo ano para amar. Comece amando seu próximo mais próximo, ame sua família, ame seus amigos e ame seu trabalho. Não tenha apenas paixão, tenha amor! Não existe nada mais poderoso que o amor! O amor é absoluto e contagioso, acredite nele sempre! É justamente através do amor que podemos exercitar o perdão. O excelente poeta curitibano Plínio de Oliveira, que costuma cantar o amor em suas poesias, afirma com a mais sublime maestria, que só os poetas possuem, que “o amor sem perdão, pode ser qualquer coisa, mais não é amor” e “é quando as pessoas menos merecem, que elas mais precisam de nosso amor”. Quem ama perdoa.
Não espere por um novo ano para agradecer. Agradecer ao Criador, não apenas pela vida, mas pelo o que a torna especial. Agradeça pelos poetas, que transformam o amor em versos e os versos em canções. Agradeça pelo amigo sincero. Somos seres únicos, agradeça pela sua liberdade! Agradeça Sempre!
Não espere por um novo ano para ler mais, aprender mais.
Não espere por um novo ano para decorar um poema e fazer dele a sua bandeira.
Não espere por um novo ano para pensar em renovar suas atitudes.
Não espere por um novo ano para praticar a fraternidade.
Não espere por um novo ano para iniciar sua reforma intima.
Desejo-lhe um FELIZ ANO VELHO, com Tsunamis de Alegria, varrendo do mapa suas aflições!
Desejo-lhe um FELIZ ANO VELHO, com Tornados de Paixões, e encontros inesquecíveis!
Desejo-lhe um FELIZ ANO VELHO, com Enchentes de Saúde e muita disposição para topar o que der e vier!
Desejo-lhe um FELIZ ANO VELHO, com Furacões Revolucionando seus pensamentos e Atitudes!
Desejo-lhe um FELIZ ANO VELHO, com malas, muitas malas de felicidades!
Por fim, desejo-lhe um FELIZ ANO NOVO, onde o Sol possa convidar-lhe todas a manhas à participar do milagre da vida. Um ANO NOVO, onde a doce brisa de uma noite de verão possa ser eterna a te refrescar. Um ANO NOVO idealizado nos sonhos e construídos com muita realidade. Um ANO NOVO não sem problemas, mas cheio de soluções. Um ANO NOVO com muitos “olas” e raríssimos “tchaus”.
Desejo-lhe um ANO NOVO, norteado pelos ensinamentos do nosso divino mestre.
Desejo-lhe um ANO NOVO, onde a PAZ do CRISTO faça morada no seu coração.

Reginaldo Cordoa, futuro Administrador de Empresas e Apaixonado pela Vida.
Reginaldo Cordoa
Enviado por Reginaldo Cordoa em 09/01/2006
Código do texto: T96448
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reginaldo Cordoa
Matão - São Paulo - Brasil, 46 anos
95 textos (23233 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:32)
Reginaldo Cordoa