Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Algemas Mentais

Algemas Mentais.

Vivemos presos pelo sistema, somos fugitivos de nossas próprias palavras, somos reféns de nossas próprias leis, não vivemos nossas vidas, somos como marionetes.
Somos ensinados para obedecer, treinados para não termos opniões, submissos até a morte aceitando a tudo calado.
Não vivemos nossas vidas, somente seguimos quietos, indiferentes ao mundo, sendo controlados pelos poderosos, que não nos deixam pensar.
Vivemos trancados, com medo do novo, não conhecemos o mundo, a televisão nos diz o que fazer, por quê?
Até nossos gostos musicais são escolhidos pelas rádios, o POP é o que temos que escutar, temos que fazer o que nos dizem por que se não os obedecemos, nós não pertencemos mais a sociedade.
Ai! Nos chamam de rebeldes, libertários, anárquicos, sem leis, nos chamam de utópicos pois não nos enquadramos em sua política, porque não aceitamos a vida que escolheram para nós.
Quando nós, os que conseguem se libertar de suas grades psicológicas, abrimos nossa mente e enxergarmos o mundo e o que acontece a nossa volta e conseguimos nos organizar e encontrar uma forma de convivência digna de se viver, em paz, sem diferenças, educacionais, burocráticas, e econômicas, onde todos somos vistos igualmente, tendo o que nos é de direito em liberdade, Oh! A esperada, e finalmente dita a liberdade, é ela sim, a de poder ir e vir, Há! Sem ser parado, sem ser investigado, poder falar e dizer o que pensamos, Hó! A liberdade!
Nossa própria escolha, onde todos temos trabalho, moradia, comida, e o respeito, a nossa própria política, o comunismo, sim o comunismo, onde ninguém nos rouba, onde não há poderosos para tirar proveito de nós, porque somos todos iguais, e todos merecemos o mesmo tratamento digno o mesmo serviço igual, a todos a mesma alimentação, o mesmo tratamento hospitalar, pois todos merecemos ter saúde, não só os mais ricos, pois em nossa escolha socialista, não haverá nem mais ricos nem mais pobres que os outros, pois todos somos iguais.
Nós seremos os juízes, as nossas leis serão seguidas, não haverá nem mais corrupção policial, pois a nossa segurança nós faremos, pois sem diferenças sociais não haverá motivo para roubo, pois todos seremos iguais, sem motivos para querer ter mais que os outros.
Essa é a nossa visão comunista, libertária e a nossa política a solução para nos livrarmos das algemas mentais que nos puseram deste nosso nascimento que não nos deixam enxergar o que realmente acontece no mundo.
O nosso mundo livre das diferenças que os poderosos (capitalistas), chamam de utopia pois iríamos derrubar seu sistema, de escravização voluntária, onde trabalhamos para ter o que já nos pertence.
Aqui vos digo um jovem de apenas 18 anos, como normalmente dizem, não tenho idade nem cabeça para escolher nada.Mas! sou apenas mais um jovem como milhares de outros que conseguiram enxergar além do mundo ilusório, que nos impuseram e seguimos nossa escolham e lutamos pela liberdade de todos, e a igualdade entre todos, lutamos para quebrar as ALGEMAS MENTAIS dos céticos, que ainda são marionetes.

Anderson Santos de Araújo. 30/05/2006.
Anderson de Araujo
Enviado por Anderson de Araujo em 06/06/2006
Reeditado em 09/06/2006
Código do texto: T170408
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anderson de Araujo
Diadema - São Paulo - Brasil, 28 anos
5 textos (434 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:42)