Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

   Pronunciamento na Cerimônia de Lançamento do Livro da Prima Edênia


Boa Noite Autoridades presentes, caros familiares brejo-santenses e araripinenses, meus senhores e minhas senhoras.


É com muita emoção que faço uso da palavra neste dia tão importante para nossas famílias que hoje se reencontram para a cerimônia de lançamento do livro da querida prima Edênia, homenageando o nosso saudoso ancestral Victor José Modesto, co-fundador de Araripina.Quem é Victor José Modesto? É um dos filhos de José Francisco da Silva, de Buíque, casado com Ana Gomes da Silva também conhecida por Ana Maria da Rocha Gomes ou Anna Joaquina de Jesus .Estes constituíram uma família e foram pais de Lourenço, Antonio, Victor,Inácio, Luzia e Basílio, todos nascidos em Águas Belas- Pernambuco.

Em 1858, após uma viagem registrada pelos historiadores á vila de Brejo dos Santos em 1845, talvez para conhecer as terras caririenses, muda-se para aquele rincão onde fixa moradia e semeia a sua semente dando origem a uma grande árvore genealógica que até hoje estende seus ramos por toda a região e por estados vizinhos.Pouco tempo depois acolhe a parentela sob a liderança de Inácio Gonçalves Bezerra, casado com Joana - irmã da sua esposa Ana Maria - que se retirava de Águas Belas por conta de uma inimizade com o chefe político daquele lugar, o Cel. Clementino Cavalcanti.

Estes com o passar do tempo foram se consorciando com as famílias que ali também chegavam da Paraíba e de Milagres, cidade vizinha e, deram origem ao povoado que foi o germe da atual cidade de Brejo Santo.

Victor, um dos filhos de José Francisco e Ana , casou-se com Delfina, em 1859, na paróquia de Santo Antonio de Salgueiro, Diocese de Petrolina-PE .E por ser paroquiano da Freguesia de Jardim, vila a qual pertencia o sítio Brejo onde residia, deve ter acontecido o lapso que se registra na sua certidão de casamento que afirma ser ele dali natural. Em Salgueiro tiveram os dois primeiros filhos conforme podemos ler na sua caderneta de anotações que hoje se encontra em mãos do seu neto Dr. Antonio Modesto Primo, residente em Florionópolis –SC.
Voltando para o sítio Brejo dos Santos em 1866 tiveram mais três filhos: João, Maria e Joana. João tem por padrinho seu tio Lourenço e a sua esposa Ignácia Gomes de Moura que viveram até a morte em Brejo Santo, e ali deixaram grande descendência através da família Lourenço ou Gomes da Silva. Maria foi batizada pelo tio Basílio e sua esposa Maria da Conceição de Jesus, troncos de uma grande família que se ramificou em Nicodemos, Gomes da Silva e Basílio, da qual descendemos, eu e Miram. Joana foi apadrinhada por Manuel de Jesus da Conceição Cunha e sua esposa, ilustre chefe político de Milagres que liderou a volante que em 1850 aniquilou os irmãos Santos , proprietários que denominaram aquela terra de Brejo dos Santos.

Victor foi nomeado pelo irmão Basílio, chefe político e administrador de Brejo dos Santos, o primeiro delegado do lugar e após um incidente que o desgostou resolveu dali retirar-se após o natal de 1872 para Araripina, de onde se mudou para Simões no Piauí a partir de 1873, onde teve os filhos: José, Izabel Raimundo, Francisco e Ignácio.
Voltando ao Pernambuco em 1885 fixou raízes no Sítio Lagoinha nas proximidades de São Gonçalo, hoje Araripina. Aí lhe nasceram os filhos: Procópio, Anízio, Abílio e Joaquim.Na terra que adotou como sua foi co-fundador da cidade de Araripina e até hoje se faz presente através da sua grande descendência e da história que o imortalizou.

São seus irmãos também: Antonio Gomes da Silva Bastos, ascendente do Dr. José Araújo que foi prefeito desta terra e, Luzia Gomes da Silva que contraindo núpcias com Manoel da Rocha Pita deu origem á família Ambrósio, de Brejo Santo.

Sou sobrinha bisneta deste grande homem e com orgulho aqui estou como bisneta do seu irmão Basílio para lhe prestigiar e reatar os laços de amizade, adormecidos pelo tempo, com minha parentela buscando fazer junto a mesma um resgate cultural da sua vida e da vida daqueles que ele tanto amou como, por exemplo, do meu tio bisavô Inácio que residiu em Águas Belas ,terra de onde saíram seus pais para o sítio Brejo, e para onde ele voltou, fixando raízes e constituindo sua prole.Gostaria de aqui fazer um apelo aos meus parentes amigos no sentido de colaborarem na pesquisa sobre sua vida, feitos e família, para que possamos completar a genealogia da Família Gomes da Silva, na sua totalidade.

Ao nosso Deus Pai o meu agradecimento por ter nos concedido esta dádiva, por ter permitido que realizássemos este sonho, usando a prima Edênia como instrumento de reaproximação entre nós.

À prima Edênia e a todos que descendem do Tio Victor, um grande abraço, os sinceros agradecimentos em nome dos parentes brejo-santenses, e nossos sinceros parabéns.

Obrigada, Senhor! A vós, DEUS, uno e trino, e a nossa mãe Maria Santíssima nossa sincera gratidão por este momento tão importante para todos nós.

marineusa
Enviado por marineusa em 29/07/2006
Reeditado em 31/01/2007
Código do texto: T204668

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (marineusantana@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marineusa
Brejo Santo - Ceará - Brasil, 71 anos
1726 textos (322786 leituras)
39 áudios (29264 audições)
18 e-livros (9104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:23)
marineusa