Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade dói muito....Por isso Voltamos...

" Ontem, enquanto me deitava sobre o meu travesseiro, acordada ainda, eu percebi que vários pensamentos vieram-me a mente...
Um deles era um sentimento nobre e belo, mas doloroso e ás vezes necessário para compreendermos e aprendermos a lhe dar com a distância, ou talvez com o passado, ou algo que nunca saberemos...
A SAUDADE!
Nós que a sentimos de vez em quando nos faz perceber que muitas das vezes somos fracos para entender alguma perda, ou talvez outro tipo de dimensão...Uma talvez que lá em nosso íntimo nos mostra o para quê, mas ao mesmo tempo, nos faz voltar.
Voltar ao passado, voltar para alguém que vive querendo entrar em nossos sonhos, voltar para aquilo que não devemos voltar, mas é necessário para que olhemos para aquela cicatriz e ela nos mostre as feridas, e de repente essas feridas, ainda sangram, mas temos a consciência, que se ela não sangrar, ainda que mesmo pouco, não nos fará aprender com elas.
E aprender é pouco para quem sente saudade. E saudade é um sentimento muito difícil de se administrar, ainda mais quando amamos alguém. Alguém talvez que nem mereça o nosso amor, mas que você ama pelo simples fato de existir um pulso, um coração, um corpo, uma alma inquieta e que quando precisa de atenção e está carente, você tem uma necessidade fisiológica de amar. Você precisa se entregar, mas a entrega da saudade é uma definição difícil, e ao mesmo tempo tão fácil, porque todo ser humano sente saudade.
E toda saudade é um amadurecimento para nós crescermos, e mesmo que doa, ela vale a pena, porque senão seríamos pessoas muito egocêntricas.
E pessoalmente acho que a melhor forma de amar alguém é sentindo saudade...
S-A-U-D-A-D-E: palavra profunda e sufocante para quem se sente só, mas ao mesmo tempo acompanhado. Palavra que pode mover o mundo, porque dela é que vem o relacionamento humano, a afetividade, e a união de dois os mais seres, incluindo a presença forte de Deus!
Quem ama sente saudade. E todo amor cresce a medida que damos ao outro o que ele precisa para ser melhor, e a saudade não deixa de ser algo bom.
Não espere que alguém lhe diga que está com saudade para retornar ou aparecer na vida de outra pessoa, mas apareça e resgate isso na alma dela, de forma que nem um e nem outro possa sentir este sentimento.
Eu compreendo que exista essa palavra, mas em minha vida se eu pudesse fazer um pedido a Deus, seria que jamais a saudade pudesse acorrentar tanto assim a mim e as pessoas, pois ao mesmo tempo que a saudade mata, ela reaviva em nós novos sentimentos, e eles podem aparecer em horas erradas e de maneiras que não sabemos distinguir, até porque este sentimento não deixa de ser também uma emoção retida e tão explosiva, a ponto de viajarmos para encontrar uma pessoa que amamos, de desnudar a nossa alma para que o outro se sinta feliz, e para abafar aquele vazio que o outro deixou em nós, e que somente este outro pode assim por um momento completar.

Volte sempre para quem te deixou com saudades, mas esteja determinado a deixar de lado aquilo que não te faça bem,
esteja pronto para a despedida e talvez para as lágrimas,
esteja aberto para as pessoas que vão em algum dia da vida delas te dizerem adeus, ás vezes pelo silêncio, ás vezes por gestos infantis, ás vezes por atitudes impensadas, ás vezes por loucuras ou até mesmo por determinações desconhecidas que temos que fazer.
Porque saudade é um loucura!
Senti-la dentro do peito é como se o teu coração estivesse sendo esmagado por outra pessoa que a deixa com esse vazio.
Outra pessoa ás vezes que nunca reconhecerá o quanto ela foi importante em tua vida, e todo tempo que vocês passaram juntos, nunca pode significar nada pra ela.
Saudade é um risco para nós todos, mas toda relação é assim, pois ninguém vem com letreiro, ninguém vem só com qualidades. Então devemos nos arriscar e sentir saudade de quem já esteve conosco, saudade de quem ainda estará, saudade de que se foi e voltará e você tem certeza disso, saudade de quem nunca voltará, mas você sabe que um dia vocês irão se encontrar, porque é preciso continuar, sentindo saudades, sentindo amor, e compreendendo que na vida há perdas e também ganhos.
E aquilo que você ganha ou deixa de perder não fará mais sentido, porque você vai voltar, e durante o percurso poderá se tornar fraco, ou sábio.
Sábio é aquele que volta e traz uma experiência, valor naquilo que encontrou em seu caminho, e fraco, é aquele que não consegue seguir em frente porque a dor é maior do que a saudade.
Saudade é um caminho sem volta, mas compreensível é senti-la e humano é reviver cada momento que tivemos com as pessoas e todas as situações que foram importantes em nossas vidas.



Roberta Mendes de Araújo
Enviado por Roberta Mendes de Araújo em 06/10/2006
Reeditado em 20/03/2011
Código do texto: T258123

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Roberta Mendes de Araújo
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
218 textos (61847 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:53)
Roberta Mendes de Araújo