Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não me venha...[AlexMarq]

Não me venha...

[Alex Marq]

Não me venha exibir teu sobrenome pomposo... Se teu pai ou teu avô foi alguém importante, não significa que esse mérito seja hereditário. Seus méritos são apenas seus... E os méritos deles são apenas deles, você não tem nada com o que seus antepassados realizaram.

Não me venha ostentar teu cargo.. Pois todo cargo é transitório, e do mesmo jeito que chegou a ele, poderá cair um dia.. Um cargo é apenas um título e não revela em nenhum momento que seja "merecedor" deste... Pois as responsabilidades são provas em que passamos; autoridade pode ser conquistada, mas somente o bom discernimento é preciso para que ela seja mantida... Por isso que muitos acabam abusando do poder que tem.

Não me venha contando teus diplomas, por que estes são apenas papéis e não garantem sua competência e nem tão pouco seu caráter... As escolas que estudou deram-lhe uma certa carga de conhecimentos, que não significa que o tenha tornado pior ou melhor do que outro que aprendeu por outros caminhos.

Não me venha apontar o que digo ou faço de errado... Não vivo às tuas custas e nem ajudas a resolver meus problemas... Só posso aceitar críticas que venham de alguém que tenha realizado o que ainda não realizei... Só posso ouvir conselhos de quem sabe cuidar da própria vida. Só posso considerar colocações de quem sabe o que está dizendo.

Não me venhas querer ensinar o que devo ou não devo dizer... Porque ninguém no mundo tem condição de entender de onde vim, o que eu quero e o que eu sinto... Ninguém sabe o que me agrada e nem o que me incomoda... Apenas eu mesmo...

Não me venhas com ironias nem hipocrisia... Porque tenho prazer de destruir os hipócritas que encontro pela frente... A hipocrisia é derivada da falsidade, que acumula mágoas, que causa doenças, e que mata... Só não é falso quem sabe ser sincero, e só é sincero quem tem consciência de si. Quem compactua com a hipocrisia envenena-se em sua vibração... Faz pacto com a sua própria morte, e apenas vive para esperar o dia da própria desgraça.

Não me venha com cobranças do que não estou nem um pouco disposto a decidir... Porque quem cobra atitudes dos outros, não tem competência para resolver sozinho a sua própria vida... Quem exige que os outros resolvam sua vida é pior do que um parasita sanguessuga que, incapaz de criar para si mesmo, usurpa do sangue alheio.

Não me venha com exigências de quais atitudes devo tomar... Porque ninguém é responsável por minha vida a não ser eu mesmo... Ninguém chorará as minhas dores e nem irá me acudir quando eu cair... Ninguém amará com meu coração e nem desfrutará dos meus prazeres...

Não me venha querer julgar as etiquetas que visto, os amigos que tenho e nem quanto eu gasto aonde... Porque o real valor do ser humano está em seus sentimentos e suas atitudes... Roupa é pano, que rasga queima e desgasta; meus amigos são meus, apenas a minha opinião sobre eles me importa, e o que é meu eu invisto no que eu quiser...

Não me venha valer-se do que não é...

Pois só reconhecerei o teu valor pelas atitudes que tiver..

Amor e alegria sempre!!

(Alex Marq, 18 de junho de 2005)
Alex Marq
Enviado por Alex Marq em 30/06/2005
Código do texto: T29212

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Marq
São Paulo - São Paulo - Brasil, 43 anos
79 textos (78194 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:14)
Alex Marq