Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você é tudo que não quero perder

Como você fez? Como é possível te querer assim? Só tendo como foco os teus olhos escuros, me perco no silêncio da noite que eles abençoam. Minhas páginas, amareladas e envelhecidas, são testemunhas de todos os meus pensamentos irados, calmos, despertos e adormecidos…

E esse sentimento estava adormecido! Você o despertou! Estou sendo amaldiçoada? Será que é meu destino estar sendo perseguida por esse sonho absurdo? Oh, maldição!

De que vale todo o poder que dizem que tenho e um nome que todos guardam se você não está aqui pra me atender? Nada, nada nessa merda de vida me serve mais se você não faz parte!

No terceiro segundo em que meus olhos fixaram na sua anatomia, a minha razão inteira se perdeu. Foi como se minha alma tivesse sido sugada até o último feixe de luz! Oh, meu Deus, foi a agonia mais deliciosa de minha vida! O teu sorriso fechado me encheu de vontade de me aproximar e conseguir revelar teus dentes com a ajuda da minha boca!

E de que adianta ter vontade se a distância faz ela se esvair? De nada! De que adianta sonhar em uma dança colada a ti se tem quem possa realizá-la por mim? De nada! De que adianta imaginar durante a aula que você me descobre com suas mãos se você está tão longe? De nada! De que adianta a insônia se eu sei que você não vai entrar por aquela porta e fazer com que eu roce meu corpo macio e inocente no seu? De nada! Mas que droga, de nada!

Você é incrível demais pra mim! Uma pena que eu nunca vou encontrar as palavras pra te contar tudo o que eu sinto e tudo o que você é pra mim!

Eu só queria que você soubesse que você é a noite em que eu quero me perder, que você é a minha bênção quando me sinto no pior dos infernos, que você é a cura das minhas dores, que você é o êxtase nos meus sonhos repletos de erotismo, que você é a nota máxima das minhas noites varadas de estudo sobre a vida, que você é tudo o que não quero perder…

E que te amo com cada partícula de magia branca que há em meu ser!
Luiza Araújo
Enviado por Luiza Araújo em 06/09/2007
Código do texto: T641410

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Araújo
Ananindeua - Pará - Brasil, 27 anos
45 textos (4320 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:23)
Luiza Araújo