Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O maldito orgulho

           Eu queria te revelar um pedaçinho de mim, mas como posso???? se o meu "orgulho" não deicha meu corção falar o que mas quer nesse maldito momento.
       
         Talvez é medo de sentir o teu desprezo ou talvéz seja medo  de sua falta de maturidade....Posso até esta pensando tudo errado e está fazendo a maior burrice de toda a minha vida, guardando esses pensamentos ruins sobre voçê, meu mas puro amor!
   
        Mas como o orgulho sempre ganha.Queria muito, muito mesmo deichar ele de lado e fazer tudo diferente, poder olhar em tues olhos e poder dizer o que realmente cinto e tenho gauradado para você.

        Poder dizer-te  olhando em tua bela face, olhos nos olhos, que isso não é uma grande brincadeira  e sim um grande amor descobreto e poder fala-te que com você é tudo diferente tudo munda a minha volta quando te vejo parece que a linda flor acabou de sezabrochar, como se uma mãe tivesse cabado de ouvir a primeira palavra de um filho... OS seus bejos me ajuda a ser uma pessoa melhor.

           Meu menino quando deichei de lado o meu orgulho e te dei o meu coração para você abri-lo e lê, foi a coisa mas maravilhosa que ja aconteceu comigo... hoje posso ver que o amor verdadeiro é quando se ama e não se quer nada em troca.

pena mulher
Enviado por pena mulher em 21/09/2007
Código do texto: T662258

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
pena mulher
Sobral - Ceará - Brasil, 29 anos
31 textos (3632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:11)
pena mulher