Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOJE - UMA MULHER UM POEMA / FRANCISCO MARQUES

Hoje 
A minha poesia está triste
E choram as linhas da lauda
Em versos e rimas desiludidas
 

Hoje
sou incerteza
de um incerto destino
de uma incerta vida

Nas nuvens o sol perdeu o brilho
Ofuscando a manhã ensolarada
Os pássaros emudeceram o seu canto
Que no horizonte ficou perdido 

Hoje
sou vazio
sou mágoa
sou miragem

As flores nesta primavera 
Desabrocham murchas e desencantadas
E as noites perderam a magia
Sem a lua e as estrelas festeiras


Hoje
sou outono
sou a folha que cai
sou o vento que morre 
numa brisa parada

Hoje
sou tudo incerto
caminho sem flor
mar sem ondas
oceano sem espuma

A inspiração na tristeza adoeceu
Perdeu o seu encanto neste pranto
Dos escritos que se fazem bonitos
Nas linhas da poetisa que entristeceu.

Hoje
parte de mim morreu
parte de tudo
incerto

Francisco Marques







Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 30/01/2006
Reeditado em 11/10/2006
Código do texto: T106177
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2885 textos (497057 leituras)
75 áudios (27394 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:10)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor