Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero uma mulher... § Quero um homem...


 Calaf & ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Quero uma mulher....

Quero uma mulher...
que me tire do prumo
sem culpa e sem medo

Quero uma mulher...
que me beije com calma
volúpia e paixão

Quero uma mulher...
que sonhe comigo
a música e a cor

Quero uma mulher...
que incendeie meu corpo
num arco-íris em flor

Quero uma mulher...
sem a calma
que seja loucura e paixão

Quero uma mulher...
que pinte meu corpo
de amor e esperança

Quero uma mulher...
que me traduza
e complete

Quero uma mulher...
que me amplie
e desperte

Quero uma mulher...
que me busque
e desnude

Quero uma mulher...
que seja plena
sendo encontro

Quero uma mulher...
para chamar de amor

Autor => Calaf

***

Quero um homem...

Quero um homem...
Que me arrebate,
me faça enlouquecer.

Quero um homem...
Que em minha boca busque o prazer,
que sinta em mim a chama do desejo.

Quero um homem...
Que me sinta com ele e por ele,
que esteja comigo aonde eu for.

Quero um homem...
Que se entregue a magia do amor,
em forma de poesia.

Quero um homem...
Que roube os meus sentidos,
que deixe minha pele arrepiada de tanto ser amada.

Quero um homem...
Que faça de mim seu arco-íris,
enfeitado com as luzes das estrelas.

Quero um homem...
Que descubra em meus olhos a mulher que sou,
que me faça ser plena e absoluta com seu amor.

Quero um homem...
Que me traduza,
que aguce os meus sentidos.

Quero um homem...
Um homem que me tome com sofreguidão,
desnudando minha paixão.

Quero um homem...
Que seja intenso,
que seja união.

Quero um homem...
Para ser o meu amor.

Dueto => ÐäMå Ðë ÑëG®ö

***

Meu amado poeta Calaf, agradeço mais uma vez todo o seu carinho a atenção, é impossivel não duetar com você meu amor, suas poesais são maravilhosas e fica difícil resistir. Beijos em sua alma. 

***

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo apenas o que sinto. Muito longe de ser uma poetisa, sou alguém que apenas sente!


Dama De Negro e Calaf
Enviado por Dama De Negro em 13/02/2006
Reeditado em 25/05/2012
Código do texto: T111391

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146146 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:26)
Dama De Negro