Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Triste Rio Tejo- José Ribeiro Zito e Maria Thereza Neves

Triste Rio Tejo
(Poema a 4 mãos)
José Ribeiro Zito e Maria Thereza Neves

 

 bate as águas contra as margens

não ondula nem abre sorrisos ao cair do sol

há nevoeiro  no fundo dos seus poros

a tristeza cega os peixes esquecidos

as gaivotas não beijam mais a espuma

ou brilham nas asas a cantar a liberdade

 

 

hoje ,apático,turvo

caminha na solidão sem esperanças

descolorido,em lágrimas,procura consolo no mar

sente-se um charco de águas esquecidas

a apodedrecer de saudade

dos carros apressados dos namorados

dos olhos apaixonados

 

Hoje não é mais o de outrora

nele navios carregados de aventuras e perdições

sozinho,fraco,vai morrendo sem destino

sem a lembranças dos heróis,da hístória

dos versos ,das cantigas com tranças azuis

perdeu a musa e a poesia no cais.

____________

Portugal/Brasil-2/03/06

Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 02/03/2006
Código do texto: T117872
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90992 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:12)
Maria Thereza Neves