Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esculpindo o Silêncio-Maria Thereza Neves & O silencio do verso-José Ribeiro Zito

Esculpindo o Silêncio

Maria Thereza Neves


Escutando a alma
as mãos criando, deslizando
acompanham o pêndulo que lê o silêncio
a carne esculpida na pedra
dando vida aos pensamentos...

No sangue pulsam palavras
que não choram lamentos
desnudam  muralhas
abstratas ,complexas, indecifráveis...
libertando a sede do poeta
a plenitude das magias próprias
labirintos grávidos
partos do sentir.

Abrindo portas do coração
atento à todas súplicas
ao ilusório girando a volta
mudanças ,lembranças
da vida fechada,trancada
aos rumores vagos em chamas
a vertente fria,nua vazia cama
a desgraça carregada de chuva
e as mãos unidas, solidárias.

Sou reflexo dos surdos sons
no amanhã distante
rascunhos que entalham o tempo
relevos ao falar do vento
escombros dos pianos estéreis
entre luzes e sombras
em vôos internos
esmago-me no azul dos sonhos
além das cores, da humanidade
escrevendo Histórias além dos horizontes
recriando vidas nas rochas
esculpindo o silêncio !
&

O silencio do verso

José Ribeiro Zito

 
Uma lágrima batida de fogo
Ateou-me a palavra
As letras riscadas arderam
á flor da carne
E o silencio da alma
Estalou em chamas
 
 
Uma só gota caída
Apagou-me o fogo
O lastro encostou-se ao verso
E entrou-me pelos olhos dentro
Como furacão acordado
 
 
 
O verso recolheu ao fundo
Quedou-se em cinzas
A crepitar ruídos
E silenciou a palavra dita
Pra ouvir a respiração
Das letras renascidas
à mão do coração
 
Brasil/Poerugal-9/3/06
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 09/03/2006
Código do texto: T120836
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90992 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:22)
Maria Thereza Neves