Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mote:

AMOR ILUMINADO

Réstias de luz invadem a penumbra
Corpos resplandecem à luz do amor
Somos nós embebidos numa paixão


Denise Severgnini


AMOR ILUMINADO

Réstias de luz invadem a penumbra,
e nossos olhos, semi abertos,é prisma a decompor esta luz,
que sabemos não vir da rua,
e que não invade nossa alcova,
como uma intrusa vinda sem aviso e sem convite,
ao habitat de nosso amar!
Corpos resplandecem a luz do amor,
nossos corpos...
Que falam a linguagem que definem as nossas vidas!
Somos nós embebidos numa paixão,
a nossa paixão um pelo outro,
que consumimos com gana,
é o querozene da lamparina,
que o fogo de nossos corpos faz queimar,
que produz a luz que vislumbramos entre olhos semi serrados pelo gozo,
as réstias de luz, que invadem a penumbra,
desta alcova, deste refugio de nosso amar!


EDVALDO ROSA
São Paulo 11 de março de 2006
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 11/03/2006
Código do texto: T121680
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173758 leituras)
23 áudios (10650 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:21)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor