Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não te tive...mas te perdi! \\
Voltei Pra Ti!


De repente...você! \\
Te surpreendi!


Neste momento, prefiro não me aproximar... \\
Eu me voltei para você e desculpas lhe dei...
São tantos os sonhos...tantos os desejos... \\
Sonhos lindos, desejos molhados por ironia do acaso
Momentos encantados que flutuam nos espaços de minha realidade... \\
Que o encanto seja real neste momento de cumplicidade


Somente divago meu pensar a procura de ti, \\
Tu me achas, eu te encontro no seu divago dos sonhos
e abraço a noite imaginando teu corpo... \\
Que a brisa da noite me faça chegar até ai...

No beijo da brisa sinto teus lábios...teu calor...teu cheiro... \\
Como uma fada da noite lhe dou a realidade de teus desejos

Porque? \\
Não procures os “PORQUES”
Porque, menina, te escondestes por tanto tempo? \\
O tempo me preparou para esse encontro!
E porque surgistes tão de repente ? \\
Porque era pra ser assim esse surgimento!
Porque sorristes e não me notastes? \\
Porque a descoberta era sua, para minha surpresa!
Porque de repente estavas tão perto? \\
Perto do seu coração... E longe dos olhos!
Porque me envolvestes sem saber? \\
Porque eu? Porque me escolheu? ?
Porque me fitastes? \\
Porque meus olhos te encantou? ?

E porque...de repente...não eram minhas tuas palavras de carinho? \\
Porque tenho alma cigana e meu encanto em ti lancei
Porque tive que desistir de ti? \\

O feitiço voltou contra mim...
Porque não quisestes me amar...quando quis te amar? \\ 

No amor as vezes temos que perde-lo, para se ter a certeza que queremos!
Porque não ouvistes o que eu disse? \\
Mesmo não te ouvindo... Suas palavras invadiram meu pensar

Porque não dissestes o que ouvi? \\
Dei-te o silêncio como retorno...
Porque não me destes tua pele macia e teu sorriso de ouro? \\
A pele pertence ao nobre por quem meu coração há de se apaixonar e o sorriso lhe dá!

Neste momento és o motivo! \\
Nesta hora és a causa...
Com tua beleza singela, \\
Com tuas palavras poeticas...
com a ternura oceânica de teu olhar. \\

Com o carinho retransmitido a mim...
Um olhar claro de todas as cores. \\
Tuas palavras de tantos amores
Com tua pele fresca enluarada. \\
Bendita seja a Lua amiga e amada!
Tua infância permanente e sabedoria feminina, \\
Sou uma fada!
que brilham na meiguice de teu rosto... \\
Sem máscaras...

Chego a crer que tens parentescos com mitos terrestres, \\
Seres da noite, fadas e magia me protegem...
com teu gosto de erva molhada, que jamais provei... \\
Meu feitiço em ti lançarei...
com teu corpo luminoso, tuas delicadezas secretas... \\
Que delicia é o mistério...

E teus espantos maravilhados... \\

Que converterei em desejos saciados!! 


********************

Texto Inicial: Milton Matta 
Inspiração: Mone Carmo







Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 06/05/2006
Reeditado em 10/04/2011
Código do texto: T151290
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mone TCarmo
Belém - Pará - Brasil, 37 anos
2870 textos (287628 leituras)
56 áudios (8741 audições)
4 e-livros (926 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:02)
Mone TCarmo

Site do Escritor