Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBERDADE SENTIDA//SINTO A LIBERDADE


É quando sentimos
que podemos voar,
Eu:
Vôo em busca da liberdade
Sentindo tal possibilidade
seja nos pensamentos, ou
nadando nas águas do mar.
Eu:
Abro meus pensamentos ao ar
Solto minhas amarras no mar
Seja no sorriso de uma criança, ou
a cabeça recostada
no teu ombro a sonhar.
Eu:
Sirvo um riso inocente
Ofereço amor contente


Ingridlein//Denise Severgnini


A LIBERDADE FEZ-SE MAIS SENTIDA...


LIBERDADE SENTIDA//SINTO A LIBERDADE///SOU LIBERTA

É quando sentimos
que podemos voar,
Eu:
Vôo em busca da liberdade
Sentindo tal possibilidade,
*pois sendo a filha do vento
*me permito voar no firmamento,
seja nos pensamentos, ou
nadando nas águas do mar.
Eu:
Abro meus pensamentos ao ar
Solto minhas amarras no mar
*e me ponho leve a sonhar
*o que o sono soube aninhar.
Seja no sorriso de uma criança, ou
a cabeça recostada
no teu ombro a sonhar.
Eu:
Sirvo um riso inocente
Ofereço amor contente
*Sinto quentes e reais as asas
*desta escalada livre bendita!

Ingridlein//Denise Severgnini ///Inês Marucci

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 14/05/2006
Reeditado em 14/05/2006
Código do texto: T155866

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916715 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:10)
Denise Severgnini