Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GRANDE AMOR (poesia a 4 mãos)

Simone - Enloucrescida  E  Cláudio - Internetado

Ah! Pequeno dicionário de emoções
Busco em ti palavras que traduzam
O encantamento que senti
No abraço, no beijo, no envolvimento dos nossos corações!

Busco, mas sei que em vão
Poder traduzir os sentimentos de almas gêmeas em fusão
Energias de luzes em movimento!

Como explicar o que sinto?
Será que o amor alinhou pelo intimo,
Dois universos distintos, represados no infinito?
Ou será que o eterno ignoto vazou no finito,
Um pouco de um bonito sonho louco?
E se for a colisão concreta de duas almas,
Repletas do mais secreto gozo?

Mas...
Podem ser crenças jurássicas,
Criando visões fantásticas,
Distorcendo o raciocínio!
Ou, a verdade desvelada,
Finalmente explicitada,
Indicando-me o caminho!

Como explicar o que sinto, se eu mesmo não entendo?
Melhor não tentar explicar.
Melhor rememorar! Retroceder o tempo!
Sentir a energia fluir, vibrar!
Recriar no pensamento, a ternura imensa!
Repassar o sentimento em câmera lenta e saborear...
Fragmento por fragmento,
Sorvendo em êxtase a intensidade desse momento... desse amar!

Um abraço!
Num simples abraço... atores que se cruzam no mesmo palco,
Na mesma peça, no mesmo ato,
Sabendo a fala sem um só ensaio.
Corações vizinhos reaproximados,
Batendo juntinho no mesmo compasso.

Verso e reverso do ser completo
Que acerta o passo e coloca em fase o universo.
... corpos tateando-se, abrasados no calor apaixonado da emoção,
um ao outro, firmemente enlaçados,
imantados pelo mesmo tesão.

O mundo todo, sendo e cabendo, dentro do nosso olhar!
Perdi meu chão, meu corpo, meu espaço,
No aconchego dos teus braços!
E o que fora cindido no limiar do universo,
Foi reinserido no mesmo moto cinético,
Fundindo num só abraço, frente e verso do mesmo poema,
Eternamente manifesto.

O rearranjo energético do que nunca fora sentido,
Por estar adormecido, está desperto.
E o que não fazia sentido... será descoberto.

Âmbar... a cor espiritual da perfeição!
- Não sois somente homens e mulheres...
Sois espíritos puros, em reintegração!

Fusão de seres que sempre se amaram.
Todo o universo em comemoração.
A descida do céu na terra.
Espírito e matéria em comunhão.
A carne resgatando a alma, levando-a a perfeição!
A troca de fluídos, o beijo...
Que fez nascer o tesão...
O desejo que faltava pra entender a fusão.
... e para referendar o ato,
os corpos reagindo ao contato
na mais sublime emoção!

Que mágico momento em minha vida...
Vivi a verdadeira identificação...
Do amor, que de tão intenso...
Imediatamente de poesia se traduzia...
Trazendo ao meu dia a felicidade antes fugidia
E que hoje, dá mais luz ao meu coração!

Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 23/05/2006
Código do texto: T161345

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89716 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:25)
Enloucrescida