Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERA - Baby / João Santaroza



Espera...quanta espera sentida
Será que vou ficar a vida inteira
Esperando  por  você, abatida,
Ou vou desistir dessa doideira? (Baby)


Espera,
A espera é a maior conselheira
Amiga das horas aflitas,
Fada que nos leva a um porto seguro... (Santaroza)
 

São tantas horas passando,
E eu aqui solitária ...mas eu juro!
Vou continuar esperando
E à procura de um cais seguro (Baby)


Espera minha amiga, espera
E escreva sempre,
Diz ao mundo o que sente
Que de repente, sentirá algo latente (Santaroza)


Pra compensar minha ansiedade
Escreverei poemas sempre
Espalhando com meus versos a saudade
Que trago em mim, incoerente... (Baby)


E novamente verá o amor brotar
Nesse coração dolorido, comprimido,
Mas cheio de amor e devoção,
Por essa paixão que do nada surge (Santaroza)


E quando minha espera se findar,
Com a volta desse amor,
Meu coração vai transbordar
De tanta paixão e ardor (Baby)


E vem fazer morada
Em seu peito
Como se fora
Último ninho... (Santaroza)


Quero meu peito iluminado,
Para receber o pássaro errante
Que anda pelo mundo encantado
E voltará ao ninho amante... (Baby)





09.11.2003
Vitória-ES




Baby
Enviado por Baby em 26/05/2006
Código do texto: T163400
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21959 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:56)
Baby