Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primavera no Bosque/O Bosque do Amor by Fada das Letras e Denise Severgnini

Primavera no Bosque

E deste intenso amor, seus frutos concebidos,
Pela paixão gerados em revoadas de magia,
pelo bosque encantado, entes em voos garridos,
fadinhas, nossas filhas, adejando com alegria...

Suas asinhas diáfanas experimentam ensaiar,
de flor em flor, em levíssimos saltos graciosos,
perfumes de plantas olorosas, aromatizam o ar,
e borboletas brilhantes, ensaiam voos amorosos!

É assim a primavera no nosso bosque encantado,
onde a felicidade reina nos corações que fascina
e uma fada, sonhos constrói e se descobre menina!

Pela arte primorosa, do mago em amor transformado,
que com mestria, as cores e os movimentos, domina,
desses seres alados que assomam em cada esquina!

 
Amigos recantistas, para verem os prodígios da primavera, visitem em:

http://www.mundopoeta.net/fadadasletras/index.htm
http://www.mundopoeta.net/fadadasletras/menu_bosque.htm
http://www.mundopoeta.net/fadadasletras/acrosticos.htm
http://www.mundopoeta.net/fadadasletras/menu_dueto.htm
http://www.mundopoeta.net/fadadasletras/banners_amigos.htm

O BOSQUE DO AMOR


Adormecendo à noite,uma alma desprendeu-se do real
Acalentando sonho um na linda plumagem do irreal.
Voou alucinada à procura de sua metade-amor
Foi busca-la na imensidão da madrugada,
que dormia silenciosa...

Percorreu longos caminhos,
trilhou por estradas desconhecidas...
Onda passava exalava odor de sândalo,
perfumando a atmosfera
Viajou à  florestas distantes
Já cansada, vislumbrou seu ser mais querido
repousando em um bosque encantado
Seu semblante revelava sublime encantamento!
Temendo quebrantar a magia do momento,
acolheu-se, mansamente, junto a ele
e também repousou.

Despertaram ouvindo a cantilena dos pássaros
as duas almas enamoradas fundiram-se numa só,
criando um elo tão perfeito, que
uma luz divina clareou todo aquele universo de amor;
os anjos entoaram cânticos em louvor;
uma emoção maior se fez presente.

Tudo serenou diante da força daquele amor!
Nossas almas, amantes de tantas e tantas outras vidas, reencontraram-se uma vez mais.
Palavras fizeram-se desnecessárias,
tamanha a intensidade de sentimentos que emanavam de nossos corpos espirituais.

o mundo encheu-se de cores, as flores desabrocharam, embelezando cada vez mais o bosque do amor
Felicidade fez-se realidade
A ânsia do sonho foi só saudade
O amor permaneceu
Eterno


Denise Severgnini
30 de maio de 2006-05-30

Fada das Letras
Enviado por Fada das Letras em 29/05/2006
Reeditado em 02/06/2006
Código do texto: T165526

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fada das Letras
Almeirim - Santarém - Portugal, 60 anos
243 textos (32126 leituras)
3 áudios (178 audições)
5 e-livros (288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:59)
Fada das Letras