Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUSA - Walter Pereira Pimentel & Baby


Os versos que escrevi
Sonhos transformados em poesia
Tornaram-se órfãos de musa
São agora palavras vazias

Distantes e confusas
Apenas lembranças
De um tempo, de tudo
Que marcou nossas vidas

Aos poucos os sons de rimas
O eco de cada palavra de carinho
Dita ao ouvido, baixinho
Tudo vai se tornando inaudível

Os versos, em sua orfandade
Já não traduzirão felicidade
Nem falarão de amor, apenas de dor
De solidão e de saudade

Janela aberta para a inspiração
Assim é a musa na poesia
Nela estão, sentido e razão para versejar
É na musa o que poeta busca se inspirar!

Autor: Walter P. Pimentel


Sempre quis ser sua musa
Sua grande inspiração
Às vezes me sintia uma intrusa
Me impondo ao seu coração

Achei mesmo que seria capaz
De chamar sua atenção
Me insinuei de maneira audaz
Mas não teve jeito não

Sua musa já existia
E ela era a verdadeira razão
De seus lindos poemas, mesmo à revelia
Do que ansiava a minha emoção

Hoje você chora a musa perdida
Sem perceber que ao seu lado sempre esteve
A mulher que queria ser a musa da sua vida
E que nenhuma chance teve...



Autora:Sônia Maria Grillo(Baby®)
25.01.2005
Vitória-ES

Baby
Enviado por Baby em 02/06/2006
Código do texto: T168010
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21957 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:25)
Baby