Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Dizer § Sentir

 Volnei Rijo Braga & ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Amor ...// meu doce amor
A vida e mesmo assim// nem sempre temos o queremos
E não temos como muda-la//a vida ás vezes é cruel
Pois e como você mesma diz//sabemos que nos amamos
Que precisa de mim para viver//que o nosso amor é único
O mesmo eu vivo dizendo, que.// eu te amo sem fronteiras
De você eu preciso para ser feliz// preciso de você para ser vida
Dizer...// meu doce amor..
Que te amo e muito pouco//você é minha vida, você é meu ser
Pois meu amor é verdadeiro//meu amor por ti é cristalino
Nossos sentimentos são iguais// o que você sente eu sinto
Fazendo de nós pessoas diferentes//somos abençoados
Buscando a felicidade junto um do outro//unidos em nosso sentir
E, o prazer de nos amarmos cada vez mais!//por toda a eternidade

***

Volnei, como digitei em sua pagina não resisti aos seus lindos versos, e ai está o meu carinho para você meu querido amigo.

Cilk no link e leia os lindos versos deste meu querido amigo Volnei Rijo Braga.

www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=1315

***

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe de ser uma poetisa sou apenas alguém que sente!


Dama De Negro e Volnei Rijo Braga
Enviado por Dama De Negro em 09/07/2006
Reeditado em 27/05/2012
Código do texto: T190670

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146151 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:25)
Dama De Negro