Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dueto_/// NOVAMENTE _///Juntos ( JC Cavalcante e Lindamulher)

Eu não posso culpar o medo inconsciente da aventura,
...Mas eu sonho contigo amor meu!
de se expor ao ridículo de uma nova paixão
quase adolescente,
...Assim mesmo eu julgo ser inocente
mas eu sinto meu coração bater mais forte e mais rápido,
...E eu com sua doce presença me farto...do sentir!
eu sonho acordado,
...E contigo estou o tempo todo...
eu grito baixinho seu nome,
...pronuncias de nós dois
eu imagino um ...beijo seu pela manhã.
...Beijos doado e recebido com emoção
Eu não posso culpar uma resposta a um susto passageiro,
...Mas eu posso sentir e querer o sonho verdadeiro
um entrevero entre a razão e o passado.
...Fadas ,encanto, um sonho dourado...
Não culpo ninguém de nada,
...Mas julgo ser tua e minha essa doce morada...paixão...
não me culpo pela dor da incerteza
...Eu sinto atividade...de um amor vulcanizado
e pela insegurança desses corações há muito machucados.
...retrata em você e em mim um simples desejo de ser
Mas amo mesmo assim uma esperança de vida,
...acredito que ser assim é uma divisa...
uma nova vida,
...O nosso almejado querer...
mesmo que esta, nunca aconteça.
...Acredito eu que nossa defeza, seja o que há por vir!
Vivo aqui e ali,
...E apego em pensamentos...juntos em momentos
esses momentos inexistentes,
...Delcias do nosso existir
mas vivo o que eu acho que devo e posso.
...Espero a teu lado um dia estar
O tempo passa rápido,
...E assim nosso esperar
tão rápido que me perdi pensando uma poesia
...Em meus versos realizo nossos dias
enquanto meu coração me pedia pressa.
...Faço contigo uma promessa...
O tempo passa tão rápido que,
...Juntos estaremos diante de tudo
ou eu morro um poeta solitário
...Poeta e poetisa...como um conto
ou deixo a minha vida viver a poesia
...E assim nos viveremos nessa magia
que tanto proclamo,
...De juntos dizer:- Eu te amo!
basta para tanto,
...O nosso sonho acontecer!
que você me acompanhe nos versos
...mas não somente neles permanecer
o que criamos,
...E isso bem dominamos
como sendo aquela imagem de um amor verdadeiro.
...Ah, te digo com todas a letras...
Não são assim nossos poemas?
...E serão assim o nosso Amor e Amanhecer...
até o fim de nossos dias juntos...juntos o nosso viver!

JC Cavalcante e Lindamulher, agradeço a José Carlos, a pemissão decidida por e-mail de publicar o nosso dueto...beijos e meu carinho a você. 

Cláudia Franco
lindamulher
Enviado por lindamulher em 11/07/2006
Reeditado em 11/07/2006
Código do texto: T192126
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Aparecida Franco de Oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lindamulher
Itirapina - São Paulo - Brasil, 57 anos
1582 textos (129618 leituras)
3 áudios (322 audições)
4 e-livros (303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:56)
lindamulher