Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECUSO-ME - MÁ OLIVEIRA e DOU-ME -GAIVOT@

RECUSO-ME
A MANTER A BOCA FECHADA
A CABEÇA ENCURVADA
A DIGNIDADE PISOTEADA

   DOU-ME O DIREITO
   DE SER LIDA E OUVIDA
   DE ME FAZER ENTENDIDA
   E TALVEZ COTUCAR A FERIDA

NÃO PACTUO COM A GUERRA
MAS QUANDO NECESSÁRIA SE FAZ...
TAMBÉM SEI ERGUER MINHA BANDEIRA
NA BUSCA PELA PAZ !!!

   NÃO EXISTEM SOLDADOS BONS
   TAMPOUCO SOLDADOS MAUS
   SOMOS NESSE MUNDO PASSANTES
   EM UMA NAU DE RETIRANTES

COM ARMAS VIS FUI FERIDA...
VI AMIGOS MASSACRADOS...
ATINGIRAM MINHA VIDA
E OS QUE A MIM SÃO SAGRADOS

   INFELIZMENTE É ASSIM
   UM DIA EM OUTROS HOJE EM MIM
   MINHA DEFESA É SAGRADA
   ATITUDE CONSAGRADA

MANTER OS OLHOS FECHADOS
NÃO AFASTA A PODRIDÃO
SÓ ALIMENTA A IMPUNIDADE
DO "PODEROSO CHEFÃO"

   APESAR DE HAVER CONTROVÉRSIAS
   DESDE OS PRIMÓRDIOS DO MUNDO
   JÁ EXISTIU LÁ UM JUDAS
   DE COMPORTAMENTO IMUNDO

O QUAL COM SUAS DOCES PALAVRAS ENVENENADAS
INFECTA PESSOAS PURAS E DESINFORMADAS
USANDO O NOME DE DEUS EM VÃO

   BEIJOU A FACE DO CRISTO
   E O ENTREGOU DE BANDEJA
   SALVOU-SE BARRABÁS O LADRÃO
   ENTÃO QUE ASSIM SEJA!

ESQUECENDO QUE NESSA VIDA TUDO SE COMPRA
MAS NA OUTRA...
NÃO HÁ COMO PAGAR PELO PERDÃO...

   DAS TRINTA MOEDAS GANHAS
   COM ELAS NADA PODE FAZER  RESTOU-LHE SOMENTE O REMORSO
   POR UM FALSO BEM QUERER

Má Oliveira
Enviado por Má Oliveira em 15/07/2006
Código do texto: T194605
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Má Oliveira
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 53 anos
279 textos (14602 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:17)
Má Oliveira