Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morte em Vida c/ Samuel de Almeida e Walterbrios


EU ANSEIO PELA MORTE...
 
 
A CADA ADORMECER SONHO EM NÃO MAIS DESPERTAR... PORQUE DESEJO ARDENTEMENTE A MORTE...EM TODOS OS MEUS SONHOS ELA ESTÁ PRESENTE...
EM MEUS DEVANEIOS EU QUERO A MORTE...
QUERO A MORTE DA INJUSTIÇA E DO DESAMOR... QUERO A MORTE DA TRISTEZA E DA POBREZA...
QUERO A MORTE DA VELHICE ABANDONADA...QUERO A MORTE DO PRECONCEITO QUE VERDEIRAMENTE MATA...
QUERO A MORTE DA SOLIDÃO E DA DEPRESSÃO...
QUE A MORTE DO MAL...
QUERO A MORTE DAS GUERRAS E SEUS EXTRONDOS FÚNEBRES...
E SÓ A VIDA EU DESEJO...
A VIDA PLENA DE FELICIDADE PARA TODA A HUMANIDADE...
 
SAMUEL DE ALMEIDA
 
 
***
 
 
MORTE OCULTA
 
Mas essa morte amigo,
todos nos queremos,
mas as vezes,
 é difícil encontrar abrigo
do jeito que queremos
é porque, às vezes
é mais sensato não dar murros
em ponta de faca,
e procurar conviver
não sair ao mundo aos urros,
pensando que vai acabar o mal com uma estaca.
O que agente mais precisa...
é se deixar viver,
 nem que isso se chame  sobreviver
porque a morte é lasciva
e precisamos intensamente viver.
 
Walterbrios
 25/01/2005
 
 
***
 
MORTE EM VIDA
 
 
Mas há também aqueles
que mesmo vivos estão mortos.
Mortos para os sonhos,
e as oportunidades que a cada instante
a vida acena.
Esta é a pior morte,
pois deixam de usufruir a
plena vivência do ser e da sorte.
Suprema dádiva divina,
viver bem, para morrer dignamente,
escrevendo no livro da vida
uma nova página,
a cada hora vivida.
Mas esse bem viver,
passa pelo crivo dos sentimentos,
não é preciso dinheiro, nem glórias,
apenas deixar-se levar,
navegando em bons pensamentos.
 
Guida Linhares
Santos/SP
25/01/05
 
 
***
 
magabreu@gmail.com
em web
 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 10/08/2006
Código do texto: T213572
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:40)
Guida Linhares

Site do Escritor