Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou borboleta
Gui Oliva

num sereno sono assim
quero voar todos os sonhos
que voejam em mim
e serena durmo

em mim ponteia
a primavera florida
atraindo borboletas coloridas
que vêm me beijar

e elas me beijando
parece que numa delas
me transformo
e até voar aprendo

e aprendendo a voar
vou assim esvoaçando
polinizando amores
e aprendendo amar!

&

Sou borboleta também
Tere Penhabe

Em vôo intrépido escalando penhascos
multicolorida como os sonhos bons
acolhendo docemente em meu regaço
outras borboletas e amores...

Sou borboleta azul nas manhãs de março
quando me recolho para dar lugar à chuva
e de alquimista, no meu sono mágico
refaço minhas asas de imaginação...

Volto lilás quando chega o inverno
me atrai o fogo crepitando na lareira
quisera então, já não ser borboleta
para poder me aconchegar no colo teu...

Mas quando setembro vier, eu serei
de todas a mais bela, borboleta amarela
voando indócil por entre os jardins
colhendo nectar dos mais belos jasmins...

Depois... e só depois eu irei enfim
para o alto da montanha onde estão
guardados por duendes, meus desejos
aqueles que brotaram do coração...

Que os penhorei pelo meu sonho
de ser borboleta e poder voar
frágil e bela, sem sentinelas
pousando em letras da palavra

que pela vida eu aprendi a amar:
Liberdade!

Santos, 25.07.2006
Tere Penhabe
Enviado por Tere Penhabe em 17/08/2006
Código do texto: T218542

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tere Penhabe
Santos - São Paulo - Brasil, 61 anos
252 textos (25816 leituras)
5 áudios (601 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:34)
Tere Penhabe