Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outono

03/06/2005 02:59
Outono

Ainda que chegue o Outono
e as folhas caiam cegas e insistentes
sobre a relva molhada e desesperançada

As raízes permanecerão ali quietas,
calmas e belas em sua verdade,
olhando pra gente.

Fazendo com a esperança de um dia
suas folhas tornarem a crescer
e a cair novamente
se torne uma realidade.


'^Chris-Borboleta^'

))§((


beija-flor 03/06/2005 09:31
A árvore secou, suas folhas molhadas
Umedecem o chão.
Não dá mais flores e nem frutos.
Cumpriu a missão para que veio.
Acolheu pássaros, deliciou os elementais
Com sabores excepcionais.
Suas raízes se fincam no solo.
Não mais consomem a energia da terra.
Seus galhos secos dão graças aos céus,
Não mais absorvem a energia de cima.
Seu tronco rugoso dá morada a insetos vadios,
A grilos bardos cantantes, a pássaros que espreitam
O movimento ondulante de incautos seres vivos.
Nela florescem bromélias, orquídeas, lélias,
E outras ervas que dão vida ao vegetal que se pereniza
Numa sonata de outono, como um tronco carcomido,
Que se mantém de pé.
)*) Adel Beija-Flor (*(
)) § ((
Chris Herrmann
Enviado por Chris Herrmann em 22/08/2006
Código do texto: T222263
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Chris Herrmann
Alemanha
76 textos (6450 leituras)
1 áudios (560 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:30)
Chris Herrmann