Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cantico - cacaubahia / Deth Haak

Cântico - cacaubahia

                Eis que a rosa vos fala
                Toda prosa
                Exalando o perfume
                Que inebria sutil
                Espargindo o encanto
                Das flores de abril
                Cântico juvenil
                Ais de moiçolas...
                ... febril!

 
Cântico - Deth Haak

                Eis que as gêmulas embalam
                Acordes notas dum cantar feliz
                Rimando cores,distam que solam
                As rosas que encantam colibris
                Tingem enlevando e cantarolam
                Arestas aos prados em matiz.

                Eis que o poeta borda imagens
                Ofertadas ao som pela natureza
                Nuançando visões as plumagens
                Aves multicolores  em realeza
                Flanam e valsam em ramagens
                Pinceladas rosas em delicadeza.

                Eis as telas. Aqui harmoniosa
                Em perfume nas cores do verniz
                Um cântico que nasce da flosa
                Nas linhas das penas que geris
                Gestando na singeleza a prosa
                Dum verso lido na folha do anis.

                Eis que o vento insufla letras
                A construir dum nu, as arestas
                Que ficarão na terra que lavras,
                Quando o poeta se for às gretas.
                Quem lhe cobrirá o corpo as rosas!
                Aromadas flores ditas em palavras.

                Eis que no encanto transmutado
                Raízes das roseiras o abraçarão
                Poesias ao poeta posto que é dado
                Aos versos, que falaram ao coração
                Avivando as letras o que prestado
                Ressurgirá no corpo florida emoção!

 
                     “ A Poetisa dos Ventos”
                             Deth Haak
                             19/8/2006
                Inspirado no Cântico de Cacaubahia...


Confesso que um pouco envaidecido, estou mais uma vez postando um dueto com a excepcional Poetisa dos Ventos, Deth Haak, cuja capacidade poético-literária é para mim invejável e irrepreensível. Talento mais do que comprovado e uma amiga muito querida a quem muito admiro. Mais uma vez, muitíssimo obrigado Deth, duetar com você é um privilégio! E como ela mesmo costuma dizer: - Vem comigo!...

cacaubahia
Enviado por cacaubahia em 22/08/2006
Reeditado em 06/12/2008
Código do texto: T222907

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cacaubahia
Londrina - Paraná - Brasil, 56 anos
334 textos (36448 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:09)
cacaubahia