Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DELÍRIOS/Vilmar Pirituma = AMANDO POR DELÍRIOS/TÂNIA AILENE

DELÍRIOS

 

Vilmar Pirituma

 

 

POR TI ME ENTREGO INTEIRO.

SOU AMOR  EM DELÍRIOS.

 

SENDO TUDO POR,

POR VEZES NADA SOU

E SENDO SUPLÍCIOS

TE BUSCO E ME PERCO,

 

ÉS DISTÂNCIA...

APENAS UM SONHO

 

GRITO...

A TI ME NEGO

E ME NEGANDO,

SOU PESADELO

SOU SUPLÍCIOS...

 

SOU DELÍRIOS DE AMOR.

 



AMANDO POR DELÍRIOS

TÂNIA AILENE

 

SOU SUPLÍCIO , SOU DÉLIRIOS,SOU MULHER ...

UM GRITO NA IMENSIDÃO POR TER

ENTREGO-ME, NO ABANDONO, NA ESPERANÇA

DO SER QUE QUERO TER...

ACHO-ME NA ESCRUZILHADA, ONDE?

SE DEIXO COM VOCÊ MEU AR

CORPO EM BRASA, SER SUAS DELÍCIAS

DO MEDITAR AO FLUTUAR

SOU PAIXÃO!

TUA EMOÇÃO!

SEMPRE SENSAÇÃO!

SEM DISTÂNCIAS, NÃO SEREI LEMBRANÇAS

SOU PRESENTE A CADA DIA

NA POESIA DO AMOR

QUERO ÊXTASE COM SABOR

VOU MUITO ALÉM DA SUA IMAGINAÇÃO

AMANDO COM DELÍRIOS

SOU E SEREI SEMPRE

O TESÃO MAIOR DA TUA VIDA!

 

 

Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 30/08/2006
Código do texto: T229163
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30277 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:26)
Tânia Ailene Nua Poesia