Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Exagerados - ledalge/ErdoBastos

"Exagerados\"
Sou exagerada na dose de meus atos.../Produzo meus próprios fatos
Sou o côncavo e o convexo do meu destino.../Escrevo e assino
Sou lume de quem se esbalda em exagero.../Exagero o tempo inteiro
Sou face de tormenta em desatino.../Erro no tom, desafino
Sou Lua e Flor entreaberta.../Procuro a paragem certa
Sou a incerteza concreta.../Mas de verdade repleta
Sou gênio ou cega.../ quem me conhece não nega
Sou rosa roubada em um jardim de mel.../Sou estrela no teu céu/
Sou a sapiência do exagero.../Quero tudo, com desespero
Sou a face negra de fel.../Exagerado menestrel


====================================================
Obrigado, Nuria, uma honra duetar com você.
=========================================
ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 09/09/2006
Reeditado em 09/09/2006
Código do texto: T235917

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36903 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:40)
ErdoBastos