Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Amor § Amada

ÐäMå Ðë ÑëG®ö & Volnei Rijo Braga

( Dama) Amor é um sopro do vento, é um olhar
(Volnei) às vezes terno e aconchegante
( Dama) É pingo de chuva, é magia no ar
(Volnei) é sentimento, é canto, é poesia
( Dama) Chega sem avisar
(Volnei) invadindo nossos corações
( Dama) Nos faz rir, sonhar e até chorar
(Volnei) ou imaginar que o amor
( Dama) É turbilhão de emoções
(Volnei) que vamos acumulando, num
( Dama) Misto de alegria e loucura
(Volnei) que nos faz sonhar, como!
( Dama) É doce a viagem ao mundo dos sonhos
(Volnei) onde a imaginação supera,
( Dama) Libera sensações
(Volnei) por mais estranhas, que pareça
( Dama) Nos leva ao deliro, ao desejo
(Volnei) de amar, e pensar
( Dama) É doce o arfar
(Volnei) que nos faz repetir
( Dama) Amor, amor, amor...
(Volnei) infinito será
( Dama) Infeliz de quem nunca amou
(Volnei) carrega na alma a dor
( Dama) De quem não se deixou amar
(Volnei) por não saber, que o amor é fé
( Dama) Amor é dádiva, plenitude, é vida
(Volnei) essência de paz e esperança
( Dama) Tua força move o mundo
(Volnei) gerando em nós, felicidade
( Dama) Feliz de mim que vieste me acariciar
(Volnei) deixando transparecer em meus olhos
( Dama) Que te sinto em minha alma pulsar
(Volnei) vibrar, gritar, te amo, te amo
( Dama) Amo!
(Volnei) como sei que,
( Dama) Por meu amor sou amada
(Volnei) e, é só para ele, que neste momento
( Dama) Me entrego, me deixo por tua força levar
(Volnei) pois sei que ele fará com que eu diga
( Dama )Feliz de mim que aprendi a amar...

***

Querido Volnei, o dueto está lindissimo, me sinto lisonjeada com tanto carinho, agradeço com a minha alma.

***

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe de ser uma poetisa, sou apenas alguém que sente!

Dama De Negro e Volnei Rijo Braga
Enviado por Dama De Negro em 16/09/2006
Reeditado em 27/05/2012
Código do texto: T242062

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146136 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:54)
Dama De Negro