Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dueto: José R. Zito & Maria Thereza Neves




Aqui tudo acontece

José Ribeiro Zito


Aqui te penso.

Da secura das palmeiras sobra-me a rama

Da memória rasa.



Aqui amo

Sem saber o que amo

Sentindo apenas que amo

Um amor vazado de veia rota

Impossível de estancar.



Aqui amo

Sem saber o que amo

Escutando as mãos do vento

Tocar nos meus ossos

Sem nunca o conhecer.



E cada vez que sopra mais forte

Menos o reconheço

Porque o vento nunca é o mesmo.



Aqui penso.

O céu empurra-me forçado

A resistir como um herói

Plantado espantalho de amor.



Aqui permaneço levantado

A fazer sinais de fogo às nuvens

E tudo como nuvem passa

Mesmo que eu não queira.

Portugal-26/09/06

&

E quando acontece...
Maria Thereza Neves


E quando penso
deixo vazar, acontecer todo sentimento
mesmo que me rasgue o peito.


Aqui amo
sabendo que amo
sem querer estancar
importar dores,
pudores ou desamores.


E quando penso
não me importo com o que penso
nem com a fúria do vento
ou se não mais me pensas.


Aqui te amo
ali ou alem das estrelas
nas noites sossegadas ou destroçadas
mesmo que em te não exista amor
simplesmente amo amar o amor.


E quando vejo o sol atrás dos muros
algo de mim foge das sombras
a procura do ardor que arde,queima
na saudade dos beijos no céu
bem no centro da boca da lua.

Amo-te em alto e profundo
até onde minha alma avança, alcança
mesmo com a dor deste vôo
sem sentido,sem destino
vale a pena porque te amo.

Brasil-26/09/06

Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 26/09/2006
Código do texto: T249865
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90991 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:18)
Maria Thereza Neves