Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VELAS AO VENTO / / BUCANEIRA COQUETE

Velas ao Vento
 
 Estou solta no mar da minha vida
Como  um veleiro perdido,
Náufrago do tempo...
Espero que o mar se  acalme,
Que silenciem suas ondas,
Que seu ímpeto passe...
Sigo só, rumo ao desconhecido
Quero atracar em um porto seguro,
Onde eu possa lançar minha âncora
Que seja numa praia selvagem,
Tranquila, paradisíaca...
Quero o novo conhecer
Estou aqui à deriva do destino
Lanço-me ao vento e flutuo
Apenas flutuo....

Regina Bertoccelli
 
 
 


 
 
 
BUCANEIRA COQUETE

 
 
Atravesso as vagas,
enormes paredes d'água,
tentando me impedir
de buscar o teu amor,
maremotos em incertezas,
furacões em ciúmes
que desnorteiam minha bússula
o meu coração, fazendo as vezes
de galeota temerária
a escapar dos sargaços enervantes
de suas escapadas ingênuas
em desmentir o correntoso desmanche
para marujos de água doce,
cobiçosos por minha capitã,
bela, sensual e lânguida,
afogando-se em charmes aleatórios
para uma tripulação de pretendentes...

Jorge Luiz da Silva Alves
 
 


Regina Bertoccelli e Jorge Luiz da Silva Alves
Enviado por Regina Bertoccelli em 03/10/2006
Reeditado em 25/02/2015
Código do texto: T255317
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina Bertoccelli
São Paulo - São Paulo - Brasil
504 textos (118609 leituras)
2 e-livros (198 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:59)
Regina Bertoccelli