Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Condão do Amor/Auber Fioravante Junior = DIAMANTE DE AMOR/TÂNIA AILENE

Condão do Amor

Auber Fioravante Junior

 

Lírios do anoitecer

Espalham seu perfume nas viventes

E deslizantes gotas, cegas as falsas verdades

E atenuantes a energia da alma!

 

É como abrir as portas ao silêncio,

E deixar a poesia acontecer em sua plenitude

Contracenando com os segredos da lua

Musa dos velhos botequins da vida!

 

É o trecho da

Música que se faz teatro,

Melodia que se faz mistérios,

Na delicadeza das vestes de cetim!

 

É batuta da

Peça que se faz movimento,

Boca que se faz sorriso

Sem limites para sonhar!

 

É como intuir o desabrochar da rosa,

E deixar a sabedoria acontecer em sua sublimidade

Interagindo com as virtudes de sol

Mestre dos mares do romantismo!

 

Lírios do amanhecer

Citam a tangência dos vividos

E rolantes pingos, visionários da justiça

E maestros do seu próprio condão do amor!


 06/10/2006

Porto Alegre – RS


*****************************

 

DIAMANTE DE AMOR
TÂNIA AILENE
 
Na sua inspiração se torna poeta em essência
cordão de amor na singela pedra esculpida
sonhos, emoções, alegrias,tristezas
todas com muita delicadeza.
Interagi com o sol, a lua,as rosas
na mais sublime beleza
na forma mais bonita
és sempre poesia sem limites para sonhar.
No papel torna o caminhar
da paixão faz levitar
no amor é sempre encantar.
Assim meu diamante tenho que agradecer sempre
estar ao teu lado na investida do desabrochar
da pedra transformada na polidez do amar...
 
7/10/2006
TÂNIA AILENE
RIO DE JANEIRO
 
 
 
 




Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 09/10/2006
Código do texto: T259821
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30278 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:47)
Tânia Ailene Nua Poesia