Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Encontro (2 poemas conversam)

Encontro - Sô LXXXIV

E seria de admirar seu espanto
Seus olhos secos, sua mão parada
...E perguntasse, talvez, como?
E por minha vez não respondesse nada.

Frações de minutos rápidos
Açoitando nossas mentes como fosse eternidade
Uma de surpresa e incômodo
Outra de medo e ansiedade.

Uma palavra trêmula que assustasse
O silenciar das bocas tomadas de surpresa
Uma pergunta solta...
Uma garganta estreita.

E seria de admirar meu encanto
Se seus olhos se tornassem úmidos e as mãos geladas
Se seu rosto se tornasse brando
E num abraço tímido não perguntasse nada.


Eco LXXXIV

E seria de admirar, seus sonhos,
Seu peito apertado, sua boca calada...
E respondesse talvez tanto
Que eu de minha parte nem perguntasse nada.

Por todo sempre, um do outro, o tempo,
Enlaçando nossas almas pequenas,
Uma ausente e saudosa
Outra presente e confiante, ambas serenas.

O oscilar das vozes
Num encontro repleto, de voracidade e vida,
A paz preenchendo o peito, tomando lugar da angustia,
A atravessar os limites da despedida.

E seria de admirar seu pranto
Se minhas mãos mornas acariciassem tua pele clara,
Se meus braços te envolvessem num manto,
No abraço de amor que ao coração repara.

Gustavo Schramm
Sônia C Prazeres
Enviado por Sônia C Prazeres em 11/10/2006
Reeditado em 22/02/2007
Código do texto: T261658

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sônia C. Prazeres www.soniaprazeres.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Encontro (Dueto) - Sônia C Prazeres
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sônia C Prazeres
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
178 textos (8564 leituras)
15 áudios (1757 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:56)
Sônia C Prazeres