Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Som em Duetos:
www.pcoelho.prosaeverso.net

DUETO - SOU O QUE SOU! 
PCoelho & Denise de Sousa Severgnini




SOU O QUE SOU!

Não sou o tempo
Não sou a vida
Nem sou a morte
Da alma ferida.

Viajo pelos ventos...
Sou o pólen, sou a flor
Eu sou a semente
Que cobre teu ventre
Quando lhe faço amor.

Não sou vagabundo
Nem tenho vícios
Não sou o pior do mundo
Nem moro em hospícios.

Eu sou o que sou!
Alguns acertos, pouca vaidade
Sei ser pequeno, sem ser ingênuo
Sei ser forte, sem ser covarde.

PCOELHO



SOU O QUE SOU!
Não sou rascunho de nada
Nem cópia autenticada,
Sou o que sou!

Não sou borrão
Nem oferta de ocasião,
Sou o que sou!

Não sou animal em fuga
Nem da face, aquela ruga,
Sou o que sou!

Quando sou amiga,
Sou de verdade
Detesto mentiras e subterfúgios
Gosto de franqueza e frontalidade
Não suporto vaidades excessivas, nem ambigüidades,
Sou o que sou!

Sou como a LUZ solar
Tentando sempre animar,
Sou o que sou!

Sou como, do mar, a vaga,
Quando a areia afaga,
Sou o que sou!

Sou como a ventania
Tentando ser boa companhia,
Sou o que sou!

Quando sou amiga,
Sou de verdade E o amigo,
Tem a minha lealdade!
Sou o que sou!

Denise de Sousa Severgnini



Agradeço de coração a amiga Denise, por presentear-me
com tão bela composição!

http://www.nossosite.biz/barbrastreisand/memory.mid

paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 19/10/2006
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T268160

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2588 textos (469863 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:37)
paulo cesar coelho

Site do Escritor