Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MISTÉRIOS DO AMOR & INVADO TEUS SONHOS

MISTÉRIOS DO AMOR
Jorge Linhaça
28/10/2006
 
O amor tem uma força misteriosa
que suplanta as ondas do tempo
e nos surpreende como uma roda
como se fora um colorido catavento.
 
Quando parece condenado à morte,
renasce com força e pleno vigor,
e não há quem sua força suporte,
é como um ciclone avassalador.
 
Ainda que trilhemos outros caminhos,
e sejamos felizes nesse caminhar,
e feridos pelos antigos espinhos,
queiramos dele, loucos, escapar,
 
não há força que ao coração impeça,
de disparar alucinado dentro do peito,
não há oração ou mesmo promessa,
que nos faça ficar assim satisfeitos.
 
Ah, o amor é essa loucura sem nexo,
que fale pois quem quiser falar,
que critiquem em prosa ou em verso,
que digam que podemos nos machucar.
 
Que aleguem mil traições sofridas,
desfraldem mil bandeiras ao vento,
Um dia se curarão enfim as feridas,
e compreenderão esse sentimento.
 
Ninguém manda afinal no coração,
por mais que queira ser racional,
quando explode no peito a paixão,
é a hora de ser plenamente feliz afinal
 
( Dedicada ao meu amor encontrado,
desencontrado e finalmente vivido,
minha doce prenda: Iára Pacini )

 
MISTÉRIOS DO AMOR
Iára pacini
 
Invado teus sonhos sorrateiramente,
me integro aos teus desejos
e num arfar de tambores
sinto toda a magia do teu amor.
Nessa entrega,torno-me feliz
e meu coração vira em flor no teu abraço

Meus olhos que não cansam de te olhar apaixonada,
irradiam mil esperanças e plantam,
em minha alma a plena felicidade de te amar

Sorrindo, eu, sapeca que sou,
deixo entrar em meus pensamentos
a irrevogável alegria do teu amor.

Quero sim esse doce encantamento,
e sorrir e ser invadida pelo sons de uma flauta ,
a avidez dos meus desejos e a luz eterna do teu amor

E na plenitude de nosso amor sem limites,
inunda o meu ser a vontade de viver a teu lado,
e nesse derramar de sonhos e desencontros,
vazar nossas fantasias, e, gota a gota,
em encontros ao anoitecer, tornar-se realidade.
 
( Dessa sapeca que te ama muito,depois
de tantos desencontros,enfim nos encontramos.)
Iára Pacini
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 28/10/2006
Reeditado em 28/10/2006
Código do texto: T276198
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711226 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:23)
Jorge Linhaça