Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adversidades&Esperança

Sofremos pelo infortúnio em que vivemos,
a distância lamentamos nossos erros,
outrem deveras quem dera,
não houvesse por terceiros...Preconceito.

O sonho de ter você presente,
torna-me ausente porque te amo.
Pensamentos voam ao teu encontro,
aproximando nossas almas,
sedentas por momentos livres da tormenta.

A distância, tua ausência é castigo,
é açoite fustigando o pensamento,
é a demora do tempo que não passa,
é a saudade sufocando os sentimentos.

Preconceito, no passado que nos marca,
na diferença de cor e de casta,
aos olhos dos outros...Mera matemática,
nossa química, a quem interessa? Inveja?

Sobrevoamos o infinito de encontro ao bendito,
pousamos sobre a grama,
onde pombas brancas,
nos cercam aninhando paz,
beijamos as graciosas flores a se abrir.

Sofremos pelo infortúnio e amamos,
os atropelos da vida, o tempo repara;
as diferenças; a quem ama não maltrata,
mas a ausência...Como é ingrata!

Lamentamos o infortúnio do momento,
porém nosso amor urge...Incubado.
A ausência que machuca...Alimenta,
unidos venceremos as adversidades.

Contemplamos o pôr do sol a raiar,
nos lambuzamos com as frutas do pomar,
pés descalços no cascalho a brincar,
corpo e alma, em riachos a flutuar;
chuva arteira abençoando...Esperança!


Sandro Colibri Donato & Fernanda Gui.
Fernanda Gui e Sandro Colibri
Enviado por Fernanda Gui em 01/11/2006
Reeditado em 04/10/2014
Código do texto: T279590
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Gui
São Paulo - São Paulo - Brasil
92 textos (8073 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:51)
Fernanda Gui