Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pelo Ar =Dilton // Pelo Ar = LuaSempreCheia


Pelo Ar// Dilton

Sua alma em mim ferveu

Mesmo que eu

Assim não quisesse.

Me vi navegando em sua voz,

Algoz ao meu instinto

Faminto de você.

E como se nada bastasse,

Invadimos o éter universal,

Na abissal vontade de amar.

E amamos como poucos

Doces loucos amando

Pelo ar

==========================================================

Pelo Ar// LuaSempreCheia

...E a vida em mim pulsou mais forte
Com a voz que brotava do outro lado da linha
Que sutilmente em minha alma mexia
Exercendo um poder louco
Na intensidade desse momento
Só nosso.
Sua voz veio como súplica.
Um clamor, um grito
Que não pude e nem quis evitar.
...E fui ficando aos poucos
Faminta de você.
Alheios à vida que corria,
Fomos  possuídos.
Desfrutamos e amamos como poucos
Pelo ar.

LuaSempreCheia
Enviado por LuaSempreCheia em 09/11/2006
Código do texto: T286975

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuaSempreCheia
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 56 anos
711 textos (77408 leituras)
8 áudios (517 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:33)
LuaSempreCheia