Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dueto comigo mesmo!!!

Não sou deste mundo
Ele não me pertence
Sou um andarilho
Em busca de um itinerário
Que me leve a lugar algum
Feito para um solitário qualquer
Que me Leve a um destino só
Quem sou, eu não sei responder
Não sou plebeu e nem rei
Sou poético, sagrado e profano
Nem sei de que cálice beberei
Do saber poético
Não tenha pena de mim e nem dó
Pois falar de mim eu não sei
Às vezes chego a ser eclético
E outras muito insano
Mas a minha vida continua
Assim ano após ano
um dia ela ira me faltar
Mas nem sei quando será
Quem és tu, um dia saberei dizer
Que será isto que me oferece
Sem eu nada tenho para te ofertar
e como se fosse uma prece
ponho me a orar num momento
onde tento te buscar pra
Reconfortar-me através desse
amor que me entrega
e que ele penetre e te aqueça
para que nunca me esqueça
não quero teu ouro nem teus bens
nem sei pra onde vais ou de onde vens
só sei que me tens sou teu
e de mais ninguém
Quero-te somente pra mim
jamais seria de outro alguém
Escolhestes-me entre tantos
porque não me esquece de vez
mas teimas em enxugar meu pranto
será que foi Deus que te mandou
ou será somente um encanto
uma alucinação louca visão
viver sem ti eu não poderia
em alguns instantes
de paixão eu morreria
ou seja como for
mas que morra
sentido seu calor!!!!!!
Amado Portti
Enviado por Amado Portti em 20/11/2006
Código do texto: T296274
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Arcanjo Miguel). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Amado Portti
Porciúncula - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
698 textos (46598 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:03)
Amado Portti