Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“AOS NÃOS”


Eu amo o que não fiz mais do que tudo!
Amo as coisas que sonhei ser e não fui...
Amo as noites que sonhei estar amando,
Os dias passados com alguém que nunca tentei conhecer
E as uvas doces que jamais experimentei.

Amo ter pensado estar com você
Brincando na chuva e dançando no telhado...
Amo as costelas nunca cozinhadas com mandioca enxuta
E nunca servidas em uma mesa com duas crianças em volta.
Amo o quintal que nunca tive.

Amo as árvores do pomar que não plantei,
Mas vi crescer e hoje dos frutos me alimento.
Amo as flores do jardim daquela casa que sempre quis ter,
Mas o dinheiro que eu nunca consegui ganhar foi pouco
E eu sorrio... sorrio para não chorar!

Amo os dias que passam ligeiros, mas que para mim nunca passaram.
Amo lembrar da minha vida que, nunca, se esvai...
Amo saber que um dia, ao te conhecer linda, doce,
Ainda casta, ainda menina, deixei-te escapar
Por entre os dedos febris de minhas mãos, antes não atrevidas.

Amo não me lembrar mais de teu rosto,
De como tuas mãos nunca me tocaram como sempre quis.
Amo não ter te chamado mais vezes, como era o certo.
Amo, mais que tudo, não ter te amado.
Assim, fica mais fácil suportar a dor que nunca tive.

Wanderson Lana & Maria Goreti Rocha
Maria Goreti Rocha
Enviado por Maria Goreti Rocha em 26/08/2007
Código do texto: T624301

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Goreti Rocha
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 62 anos
148 textos (20342 leituras)
3 e-livros (101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 05:45)
Maria Goreti Rocha