Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONTEM ( Carlos Melgaço e Ledalge )

Meu amor, ontem eu senti a tua falta
E me vi sem os teus beijos ardentes,
Sem o calor dos teus abraços quentes,
Sem o sabor da minha vida incauta...

Ontem eu descobri que te amo tanto,
Que perdi o meu mundo de prazer,
Que a solidão cruel causa-me pranto,
Que a tua ausência só me faz sofrer...

Ontem eu lembrei que vive diferente,
Que apesar de jovem, bela e peralta
É uma pessoa séria e independente.

Ontem eu percebi que é meu querer,
Que é meu fofo ninho, meu acalanto;
Que sem ti, meu amor, não sei viver.

               Carlos Melgaço

Hoje, descobristes que já não sou a mesma,
Que as imagens que guardastes de mim, se dissiparam.
Hoje, a minha boca professa desejo.
Ontem, professava medo
Que nem sequer ao teu coração confessava...
Hoje, sou mais mulher... Um misto de prazer e afeição,
Uma força, que nem sabia que tinha.
Hoje, trates de me cobrir o corpo com a voz da poesia...
Em carinhos, que só tuas mãos fazem menção!

               Ledalge
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 01/09/2007
Reeditado em 01/09/2007
Código do texto: T634079

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 59 anos
1148 textos (33650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 10:10)
Carlos Melgaço