Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUZ DE LAMPARINA - Kolemar Rios & Maria Thereza Neves

LUZ DE LAMPARINA
Kolemar Rios

Vai meu poema, enfrentar desafios,
Para quando a muitos não agradares
Restará a certeza que poucos te amaram
E, que teus versos não são tão vazios.


Por detrás de cada palavra que se escreve
Tem uma alma mensageira e ilusória
Que nos faz acreditar naquilo que escrevemos,
E, de repente parte sorrateira, vai-se embora.

Um poema é como a luz de uma lamparina
Temos que aproveitá-la, antes que o vento apague
E, roube-nos de nossa imaginação.


Ninguém haverá de não compreender-me...
Porque o sonho de voar é ter asas
E de um poema é ser entendido.

Kolemar Rios

&

LUZ DE LAMPARINA
Maria Thereza Neves

Tento caminhar ,mesmo sem lamparinas
Enfrentando vendavais a procura do meu poema
Perdido da escuridão vazia de emoções
Neste mundo cego de letras .


Esqueleto cheio de versos meus,
Por onde andas nessa flutuação ...
Quando minha alma vai morrendo sem ilusões.
Você voando de mãos em mãos , sem valorização.


És minha janela da vida , pura sedução,
Faz do tormento e do verbo romântico
A fuga dos meus sentimentos em convulsão...


Teu aroma brotou da minhas veias
Induzindo caminhos em areias...
Sem rumo ,sempre a contemplar vaga-lumes ,
Por favor, volte a mim, só eu entendo a sua essência.

1/09/07
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 02/09/2007
Código do texto: T634624
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3363 textos (91813 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 14:37)
Maria Thereza Neves