Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERTIGEM -Yde Schloenbach Blumenschein & Maria Thereza Neves


VERTIGEM
Yde (Adelaide) Schloenbach Blumenschein

Uma semana só. Nem mais um dia
durou aquela estranha sensação
que nos aproximava, nos unia...
e amor não era e nem era paixão.


Algo em mim te agradava, te atraía.
Tu tinhas para mim tal sedução
que, tendo-te ao meu lado, eu me sentia
a mulher mais feliz da criação.


Uma semana só... No meu caminho
um vislumbre de sol e de carinho:
uma sombra, talvez, na tua estrada...

Sete dias ardentes de Novembro...
Deves ter esquecido. E eu só me lembro
que nunca fui com tanto amor beijada!

&

VERTIGEM
Maria Thereza Neves

Quem sabe um mês , uma vida
Voltando a doce inquietação ,
Que afagava nossas noites, ainda
Fascine como uma suave canção.

Tudo nos atraia , pura sedução ,
Magia , paixão em vertigem ,
Nas mãos a contemplação ,
 O amor nas peles em viagem .

Quem sabe uma semana mais
Recorde o por do sol ,carícias ,
Passos de um dia e nada mais ...

Ardentes serão como outrora ,
Mesmo que tenhas esquecido ,
Os abraços,beijos até a aurora.

26/09/07
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 27/09/2007
Código do texto: T670189
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3363 textos (91674 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:55)
Maria Thereza Neves