Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMO MESMO ASSIM

AMO MESMO ASSIM

Eu amo o que não posso ver
Eu vejo o que não posso amar
A quem amo não posso ouvir
Falar o que sinto
E não posso tocar
E assim então vejo
Que o amor não pode amar
E se vejo, percebo
Também eu não posso amar

E sigo nesse dilema
Indagação que teima
Em não querer calar
E se eu puder ver...
Será que poderei amar?
Não vou sofrer?
Não vou chorar?
Eu vejo o amor
E o amor não me vê...
Mas está gravado em mim
Quero amar mesmo assim


Dueto de Gilson de los Santos e Flor de Libra



GILSON G SANTOS
Enviado por GILSON G SANTOS em 09/10/2007
Reeditado em 13/10/2007
Código do texto: T687435
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GILSON G SANTOS
Cubatão - São Paulo - Brasil, 50 anos
1325 textos (123315 leituras)
2 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 01:10)
GILSON G SANTOS

Site do Escritor