Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PESCARIA


No lago logo ligeiro
eu quero pescar palavras
no lago um lambari lambe
o limo da letra "L"
eu pesco a novidade
que invade
a
s
s
i
m

o
Lácio...
e eu aqui ocioso
de ansiedade
do nada
nessa murrinha
marulha...
na madrugada
pesquei
como Bilac
a última flor do Lácio
que já nasceu corrompida
do nosso velho latim
não pesquei
lambari
deixei o peixinho ali
catei gabiroba no mato
diverti-me olhando pro sapo
fiquei puto
com os carrapatos
perdi a noção da noite
dei bom dia pra madrugada
deixei a lagoa seca
matei minha saudade
mastigando chicletes de ansiedade
 
GONÇALVES REIS
TUSTA
Gonçalves Reis
Enviado por Gonçalves Reis em 12/10/2007
Código do texto: T691616

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gonçalves Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil
1155 textos (75395 leituras)
1 áudios (107 audições)
1 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:40)
Gonçalves Reis